Tudo junto e misturado

Ao contrário do minimalismo, mesclar tendências e estilos personaliza ambientes!

Regra é evitar exageros para não transformar o interessante em poluição visual. Misturar estilos, cores e objetos pode ser uma saída para quem quer fugir de uma decoração minimalista e viver num ambiente mais descolado e cheio de vida.

cir1

Mas é preciso achar a dose certa para a decoração da sua casa, apê ou até mesmo do escritório, para não ficar cansativo ou cair no over. Para orientar você a fazer misturas, sem medo de ser feliz, darei algumas dicas neste post. O principal, é ter uma estratégia em mente no momento de planejar o ambiente e, regra das regras, fugir da poluição visual, já que mesclar tendências não significa avacalhação.

cir

Para fazer uma decoração um pouco mais carregada é fundamental ter uma diretriz. A ideia é não pesar a mão em tudo, mas criar pontos focados na decoração que sigam essa linha. É possível valorizar uma parede com uma cor ou colorir um móvel, por exemplo, entrando com acessório que fazem uma composição legal. Mas o melhor é evitar cores fortes em pontos fixos, assim a chance de errar é menor.

cir6

Eu, por exemplo, gosto de mesclar várias estampas para um ambiente de impacto ou então trabalhar um mesmo objeto à exaustão, em formas diferentes. Isso pode ocorrer, por exemplo, com uma parede inteira montada com molduras. Pode-se também trabalhar com espelhos e fotografias antigas. O volume de fotografias até pode assustar, mas, se elas estiverem em molduras que valorizam tanto o ambiente quanto a história, dá certo. No décor, assim como na moda, que não tem muitas regras, com as tendências na decoração de ambientes ocorre o mesmo. Antes, era proibido misturar um brinco de prata com acessório dourado. Hoje, é possível mesclar tudo ao mesmo tempo e conseguir um resultado fabuloso.

cir2

Quando pensamos em um projeto, temos que levar em consideração que a pessoa que o contratou tem uma história que conta com referências como viagens, objetos de outros tempos e coisas novas que está adquirindo. Para mesclar tudo isso, sem deixar o ambiente com uma aparência carregada, a dica é “pontuar”.

cir7

Eu gosto de trabalhar com referências de arte e de misturas, como o contemporâneo com o rústico. O minimalismo não é a minha praia.

cir8

Apesar de apostar nas misturas, precisamos cautela. Os ambientes precisam de equilíbrio. Se você usar muita cor, tem que ter cuidado com os objetos que vai inserir no espaço. Acho boa a mistura do moderno com o clássico ou do contemporâneo com o rústico. Mas misturar muitos estilos num ambiente só é perigoso.

Assim selecionei imagens de misturas na medida exata.

cir5

cir4

cir3

cir9

1 Comment on “Tudo junto e misturado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.