Mês: agosto 2018

O mundo é um lugar rico de referências, cores e inspirações que ainda não foram descobertas. E é esse mistério que ronda os povos desconhecidos que serve de impulso para a tendência tribal da moda e da decoração, marcada pelas estampas, tons vivos e acessórios peculiares.

global

global2

global3

Ambientes que trazem em sua decoração, detalhes da cultura, costumes e histórias de diversos povos, do oriente ao ocidente, com suas formas exóticas, estampas marcantes cheias de acessórios com um padrão estético único e inovador.

global4

global5

global6

global7

Composições inusitadas e de visual marcante são a tônica desse estilo de decoração que certamente deixa marcas tornando-o inesquecível!

global8

global9

global11

Se você já tem uma quedinha pelo estilo étnico, agora vai se apaixonar de vez. Deixe as imagens te levar a um mundo novo a ser desbravado.

global1

global10

Não é de agora que materiais de construção e jardinagem são utilizados de forma criativa na decoração, mas ultimamente este recurso está ganhando cada vez mais destaque. O mais interessante é que se antes estes materiais de baixo orçamento eram usados provisoriamente até que um móvel finalmente pudesse ser comprado, hoje eles fazem parte da decoração como um projeto permanente, principalmente quando utilizados de forma criativa.

concreto

concreto12

Os blocos de concreto são os mais utilizados para cumprir bem esta função. Seus diversos tamanhos e modelos disponíveis no mercado oferecem um ar brutalista à composição, além de versatilidade e praticidade na hora da montagem, já que eles podem se tornar facilmente uma mesa de centro, de cabeceira, um banco estiloso ou uma estante para livros.

concreto9

concreto8

O único trabalho que você terá é definir qual o formato e tamanho adequado ao seu projeto, porque de resto, é só tratá-lo ou pintá-lo, e fixar uma peça à outra com um produto específico. E isso, até quem se julga incapaz de executar trabalhos manuais consegue fazer!

concreto6

Se a ideia é usar os blocos de concreto em sua cor natural, é necessário fazer um tratamento simples com cada peça, aplicando uma camada de hidrofugante. Assim é garantido que os blocos não vão se esfarelar com o tempo. Caso queira pintá-los, esta etapa de tratamento pode ser pulada, basta escolher uma tinta comum de parede que a preservação será garantida.

concreto2
Para fixar uma peça à outra ou em outros tipos de materiais com mais delicadeza, como madeira, por exemplo, utilize um multifixador de alta adesão. Há no mercado um produto específico para esse fim chamado “Multifix – Fixa sem Prego”, uma cola com elevado poder de adesão que garante fixação rápida e sem sujeira.

concreto5

concreto4

concreto11

concreto3

concreto1

concreto13

Eu mesma já fiz para o programa de decoração que eu apresentava, vejam clicando no link abaixo 😉

Ter uma horta em apartamento é o sonho de muita gente, afinal, um cantinho verde como o jardim e a horta podem deixar o ambiente mais leve e bonito, e claro, você terá sempre as hortaliças prediletas em mãos, o que é uma delícia para quem gosta de cozinhar.

hang

hang14

E acredite, não importa se seu espaço é um pequeno apartamento ou uma ampla casa com terraço, ter uma horta particular é sempre possível – embora não seja tão fácil quanto pareça nas reportagens.  Nem todo mundo fala, mas para que suas mudinhas cresçam saudáveis é preciso um pouco mais do que uma jardineira, um punhado de terra e um pouco de água.

hang13

hang12

Vamos as dicas certeiras; 

1. Escolha um lugar bastante ensolarado

hang6

2. Dê espaço para que elas cresçam
hang9
Muitas vezes as mudas de ervas são vendidas em charmosos vasinho, mas isso não quer dizer que é ali que elas devem ficar para o resto de suas vidas. Para que cresçam saudáveis as ervas precisam de um vaso com no mínimo 15 cm de profundidade.

3. Fique atento à drenagem
hang8
Para que a água não fique acumulada e a sua muda termine afogada, é preciso preparar o terreno. O vaso (ou recipiente que for usado) deve, necessariamente, ter um furo em baixo para que a água escorra – se for uma lata, por exemplo, basta fazer um furinho com um prego. Além disso, a primeira camada precisa ser preenchida com pedras e areia. Só depois vem a terra e a planta.

4.Veja quais ervas combinam entre si
hang7

hang5
Nem todas as ervas vão compartilhar uma mesma jardineira de forma pacifica. Além de checar se elas demandam os mesmos cuidados quanto a iluminação, terra e rega, vale pesquisar um pouco sobre o comportamento da planta. A hortelã, por exemplo, é super espaçosa e por isso o mais recomendado é plantá-la em um vaso separado, se não ela vai sempre morrer ou matar alguma outra mudinha.

5. Cuidado com a quantidade de água
hang15
É mais comum que os marinheiros de primeira viagem matem suas hortas afogadas do que secas. As regras para regar uma planta mudam completamente de acordo com o ambiente que ela está. Tipo de vaso, temperatura, presença de vento, tudo isso influência. Por isso, o ideal é colocar a mão na terra e sentir se ela está úmida ou não. Se a superfície está seca, mas a terra está molhada mais em baixo, não é preciso regar.

6. Não esqueça de adubar
hang10
Além do adubo colocado na hora de plantar a muda no vaso ou na jardineira, é preciso continuar adubando a horta uma vez a cada 2 meses – pelo menos. Só assim a terra permanece fértil para que as mudas cresçam saudáveis.

hang2

hang1

Esses cuidados eu já imprimi, e ainda leio toda vez que acho que minha horta está sentida.

Manjericão

Usado, principalmente, em molhos para massas e carnes, e no tempero de omelete, frango e salada, o manjericão precisa ser cultivado em lugares com temperatura superior a 18°C. Em regiões em que o clima quente predomina, pode ser cultivado o ano todo. Além da temperatura, o manjericão precisa ser plantado em lugar com alta luminosidade, onde fique exposto a, pelo menos, 3 horas de sol por dia. O solo em que a muda for plantada deve receber irrigação diária e moderada.

O manjericão pode ser colhido entre 60 e 90 dias após o plantio.

Alecrim

Ideal no tempero de diferentes tipos de carnes, o cultivo do alecrim é recomendado para quem não tem tanto tempo para se dedicar à horta, já que pode passar até três dias sem ser regado. Logo que é plantado, porém, recomenda-se que o solo seja regado com frequência. Quando está desenvolvido, deve-se diminuir a frequência para que o solo fique levemente seco. Além disso, o alecrim se adapta a diferentes temperaturas, desde que não beirem extremos.

O alecrim pode ser colhido em cerca de 90 dias após o plantio.

Salsa

Frequentemente usada para ressaltar o sabor de alimentos como sopas, saladas, omeletes, suflês e carnes, a salsa precisa ser plantada em lugar com clima ameno, que não ultrapasse os 22°C, ou pode florescer precocemente. A planta precisa de luz solar, mas é preciso evitar os horários mais quentes do dia. Uma dica é deixá-la em local com sombra parcial, que permita que ela absorva a luminosidade, sem ficar exposta a altas temperaturas. O solo em que a salsa está plantada deve estar sempre úmido, sem ficar encharcado.

A salsa pode ser colhida quando a planta tem entre 12 centímetros e 16 centímetros de altura, o que acontece entre 60 e 90 dias após o plantio.

Tomilho

Utilizado bastante em molhos e em carnes cozidas, o tomilho é uma planta extremamente adaptável, podendo ser cultivada em locais com temperaturas entre 4°C e 28°C. É recomendado que seja irrigado a cada dois dias, porque quanto menor a umidade do vaso em que está plantado, melhor o aroma do tomilho. A muda necessita de alta luminosidade, precisando de luz solar direta por, pelo menos, 5 horas diárias.

O tomilho pode ser colhido entre 60 e 90 dias após o plantio, quando a planta está em pleno florescimento.

Orégano

Popularmente conhecido por ser usado em pizzas, o orégano também é bastante utilizado em molhos e assados. O ideal é que a planta fique em um local com temperatura entre 21°C e 25°C, mas o orégano é bem adaptável, sobrevivendo a temperaturas mais altas ou bem mais baixas. É recomendado que o solo não fique seco por muito tempo nem muito úmido. O orégano precisa receber, pelo menos, 4 horas diárias de luz solar direta e, quanto mais luz solar receber, mais aromáticas crescerão as folhas.

O orégano pode ser colhido quando a planta atingir cerca de 20 centímetros de altura.

Hortelã

Tradicional na culinária árabe, a hortelã também é usada na decoração de pratos, no tempero de assados e grelhados e no preparo de chás. Como tem raiz muito profunda, recomenda-se que seja plantada isolada em um vaso, para que não atrapalhe o desenvolvimento das plantas vizinhas. Deve ser plantada em local de temperatura amena e bem protegido do vento, que impede seu crescimento. O ideal é que o solo em que a hortelã está plantada esteja sempre úmido e nunca fique seco durante o desenvolvimento.

O melhor momento para colher é hortelã é quando está florescendo, momento em que o sabor e o aroma estão mais intensos.

Pimenta

Com sabor picante, a pimenta é bastante utilizada em molhos, temperos e conservas, além de acompanhamento durante a refeição. Assim como a hortelã, deve ser plantada em vaso isolado, já que precisa de bastante espaço para se desenvolver. As pimentas devem ser plantadas em local que não ultrapasse os 34°C. É preciso ficar atento às particularidades de algumas espécies. Algumas pimentas, como a Jalapeño, precisam ser cultivadas em climas mais úmidos; outras, como a Habanero, preferem climas completamente secos. Independentemente da espécie, as pimentas se desenvolvem melhor em ambientes muito bem iluminados.

A colheita da pimenta varia entre 80 e 150 dias após o início do cultivo.

Sálvia

Usada para temperar carnes gordurosas e para decorar pratos, a sálvia cresce melhor em temperaturas amenas ou mais baixas. Diariamente, é preciso que a planta seja exposta à luz solar por, pelo menos, 2 horas. O solo deve ser mantido úmido durante todo o cultivo. Se a sálvia estiver plantada em local de temperatura mais baixa, a umidade deve ser mais branda.

A colheita da sálvia pode ser feita entre 90 e 120 dias após o plantio, quando as plantas estão bem desenvolvidas.

 

Sucesso absoluto nas redes sociais e nas feiras de design manual, a tapeçaria de parede é aposta máxima para decorar a casa, resgatando o ancestral de diferentes formas e estilos.

TAPETE12

TAPETE

TAPETE11

Tapetes tem o poder de aquecer um ambiente e podem, em instantes, mudar totalmente uma decoração, sendo uma opção certeira para adaptar a casa para as temperaturas mais baixas neste inverno.

TAPETE10

TAPETE9

TAPETE8

TAPETE7

Aqui, uma seleção de ambientes para te inspirar a aderir à tendência sem medo.

TAPETE6

TAPETE5

TAPETE4

TAPETE1

TAPETE13

TAPETE2

TAPETE3

Decorar a parede não é nada difícil. Cada casa tem a sua personalidade e, aos poucos, vai ganhando uma cara toda própria. No entanto, tudo muda com o tempo e aquela decoração tão básica vai pedindo novos ares. Se ao pensar em pratos na parede lhe vem na cabeça a imagem de décor antigo, venha dar uma olhada nesse post pra rever os conceitos.

dishe

dishe11

Um jeito fácil e prático de deixar a decoração de um ambiente mais interessante é dar vida às paredes. É possível aproveitar este espaço vazio para exibir itens que falem um pouco sobre a história e os gostos de quem vive ali. 

dishe9

dishe8

dishe7

Ter à vista peças de estimação, que lembram um momento feliz, alguma tradição de família ou uma pessoa querida, significa trazer identidade aos espaços. Com os pratos é possível dar vários ‘tons’ à decoração, então o resultado pode tanto remeter àquela atmosfera de casa de avó quanto ter uma pegada moderna, com ares minimalistas.

dishe6

dishe5

E nessa brincadeira vale de tudo: reunir diversas peças com estilos variados, comprar pratos diferentes toda vez que fizer uma viagem, sair procurando por relíquias da família ou mesmo na internet os modelos que mais combinam com você. Veja a seguir casos bem-sucedidos de pratos que foram parar na parede. 

dishe4

dishe3

dishe2

dishe1

dishe12