5 maneiras nada óbvias para seu espaço parecer maior

A regra da cor clara.

A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior as paredes tem que ser pintadas de uma cor clara.

Ótimo. Mas que cor?

De preferência cores frias, que dão a sensação de estarem se retraindo ou afastando. Ao contrário das cores quentes que fazem as formas parecerem maiores e dão a impressão de estar avançando pra cima de você.

lit

As cores frias são aquelas associadas ao gelo, à água e ao céu: o azul, o verde e o violeta.

Assim, se você optar por paredes brancas, prefira o branco gelo às tonalidades de bege que geralmente tem um fundo amarelado (amarelo = cor quente).

Se você quiser uma corzinha, experimente os tons de “azul gelado” ou, em inglês, Icy Blue. Eles super funcionam combinados com cinza e dão uma pegada urbana e contemporânea para os ambientes.

lit13

A regra do “tudo neutro”

A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior os móveis e acessórios devem ter a mesma cor das paredes.

Verdade. Quando todos os elementos de um interior tem a mesma cor o olhar “passeia” pelo ambiente sem interrupções dando a sensação de continuidade e portanto de mais espaço.

Isso não quer dizer que a sua sala tem que ser totalmente neutra porque isto seria um tédio mortal.

Se você optar por uma paleta de cores “geladas” onde predominam os cinzas e azuis acinzentados, experimente usar um móvel ou acessório de um tom um pouco mais escuro, como cinza chumbo ou azul petróleo.

lit3

A regra dos móveis pequenos

A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior os móveis tem que ser pequenos.

MAS DEVAGAR!  Uma sala pequena cheia de móveis pequenos vai parecer menor do que uma sala pequena com poucas peças grandes.

Me explico. Se você colocar na sua sala pequena um sofá de 2 lugares + mesa de centro + 2 poltronas pequenas + mesinhas laterais pequenas + rack de TV ela vai ficar lotada e dar a sensação de ser muito menor do que a mesma sala com um sofá de 3 lugares + pufe + rack baixo com prateleiras.

Em salas pequenas o ideal é dispensar a mesa de centro e as mesas laterais para ganhar mais espaço para o sofá e usar peças soltas como pufes e banquinhos como apoio.

lit4

Escolha móveis “magrinhos”, quer dizer, com braços fininhos, estofado enxuto e pernas sequinhas e visíveis. Móveis de vidro ou acrílico também são excelentes opções por não tomarem nenhum espaço visual.

lit5

lit10

A regra da luz natural

A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior deve-se evitar cortinas para maximizar a entrada de luz natural.

Ok, mas e se a sua janela é pequena ou seu apê é de fundos e quase não recebe luz? E se a sua vista é horrível?

Eu não dispenso uma cortina, mas tem que saber usar. Para não diminuir a sala a cortina deve ser fixada rente ao teto e “beijar” o chão.

lit7

Escolha um tecido leve como linho ou cambraia da cor da parede para manter a unidade visual.

Outro ponto importante é usar pelo menos 3 pontos de luz para distribuir a iluminação e fazer o olhar se movimentar pelo espaço. Uma única fonte de luz no teto faz o seu olhar se fixar em um único ponto.

lit9

A regra da parede vazia

A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior as paredes devem ficar “limpas”.

É verdade que muitos elementos pequenos distribuídos aleatoriamente em paredes, mesinhas, estantes e prateleiras faz um espaço parecer confuso, bagunçado e menor.

Por outro lado deixar as paredes “peladas” cria um ambiente frio e sem personalidade.

Prefira obras de arte de grande impacto e formato. Pode ser um poster gigante, uma tela de grandes dimensões ou uma foto ampliada.

lit11

Para quem precisa de espaço para guardar tralha, a opção é usar prateleiras flutuantes pintadas na mesma cor da parede.

lit12

lit1

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.