Mês: abril 2019

A sala de jantar é um ambiente no qual o aconchego deve reinar, afinal, é nela que se passam momentos essenciais do dia. Escolher um móvel redondo é como fazer um voto de aconchego para o espaço: ela aproxima quem estiver comendo, conversando, rindo ou bebendo um drink… Já pensou nisso?

red

red2
É por essa razão que escolhi 10 ambientes repletos dessa energia de celebração e proximidade. A sala de jantar pode ser colorida, minimalista, de estilo industrial ou vintage, se ela tem uma mesa redonda, esse elemento será o regente perfeito do décor.

red5

red4

Uma mesa redonda funciona bem em ambientes pequenos e espaços com formato quadrado. Ela cria um ambiente mais aconchegante e intimista e aproxima as pessoas, por isso é o melhor formato para um grupo pequeno (até 6 pessoas).

red6

red1

red7

red8

red9

red10
Lembre- se só que uma mesa redonda muito grande, contudo, coloca uma distância muito grande entre as pessoas e dificulta na hora de se servir.

Todo mundo sabe que usar espelhos faz um ambiente parecer maior. Eu mesma já ensinei o “jeito certo” de usar espelhos no décor aqui várias vezes.
Mas, além das regras conhecidas de decoração para aumentar visualmente os ambientes, existem outras técnicas usadas pelos profissionais para fazer um espaço parecer maior.

A regra da cor clara
A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior as paredes tem que ser pintadas de uma cor clara.
Ótimo. Mas que cor?
De preferência cores frias, que dão a sensação de estarem se retraindo ou afastando. Ao contrário das cores quentes que fazem as formas parecerem maiores e dão a impressão de estar avançando pra cima de você.

mini
As cores frias são aquelas associadas ao gelo, à água e ao céu. Assim, se você optar por paredes brancas, prefira o branco gelo às tonalidades de bege que geralmente tem um fundo amarelado (amarelo = cor quente).
Se você quiser uma corzinha, experimente os tons de “azul gelado” ou, em inglês, Icy Blue. Eles super funcionam combinados com cinza e dão uma pegada urbana e contemporânea para os ambientes.

mini2
Ah, pintar o teto de uma cor escura atrai o olhar e dá uma sensação de profundidade que faz o ambiente parecer maior. Encara?

A regra do “tudo neutro”
A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior os móveis e acessórios devem ter a mesma cor das paredes.
Verdade. Quando todos os elementos de um interior tem a mesma cor o olhar “passeia” pelo ambiente sem interrupções dando a sensação de continuidade e portanto de mais espaço.
Isso não quer dizer que a sua sala tem que ser totalmente neutra porque isto seria um tédio mortal.
Se você optar por uma paleta de cores “geladas” onde predominam os cinzas e azuis acinzentados, experimente usar um móvel ou acessório de um tom um pouco mais escuro, como cinza chumbo ou azul petróleo.

mini1

Usar diferentes tonalidades de uma mesma cor cria unidade visual sem ficar monótono.

A regra dos móveis pequenos
A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior os móveis tem que ser pequenos.
Mas uma sala pequena cheia de móveis pequenos vai parecer menor do que uma sala pequena com poucas peças grandes.
Me explico. Se você colocar na sua sala pequena um sofá de 2 lugares + mesa de centro + 2 poltronas pequenas + mesinhas laterais pequenas + móvel para tv, ela vai ficar lotada e dar a sensação de ser muito menor do que a mesma sala com um sofá de 3 lugares + pufe + prateleiras.

mini3
Em salas pequenas o ideal é dispensar a mesa de centro e as mesas laterais para ganhar mais espaço para o sofá e usar peças soltas como pufes e banquinhos como apoio.
Escolha móveis “magrinhos”, quer dizer, com braços fininhos, estofado enxuto e pernas sequinhas e visíveis. Móveis de vidro ou acrílico também são excelentes opções por não tomarem nenhum espaço visual.

mini5
A regra da luz natural
A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior deve-se evitar cortinas para maximizar a entrada de luz natural.
Tá bom, mas e se a sua janela é pequena ou seu apê é de fundos e quase não recebe luz? E se a sua vista é horrível?
Eu não dispenso uma cortina, mas tem que saber usar. Para não diminuir a sala a cortina deve ser fixada rente ao teto e “beijar” o chão.

mini4
Escolha um tecido leve da cor da parede para manter a unidade visual.
Outro ponto importante é usar pelo menos 3 pontos de luz para distribuir a iluminação e fazer o olhar se movimentar pelo espaço. Uma única fonte de luz no teto faz o seu olhar se fixar em um único ponto.
A regra da parede vazia
A regra diz: Para um ambiente pequeno parecer maior as paredes devem ficar “limpas”.
É verdade que muitos elementos pequenos distribuídos aleatoriamente em paredes, mesinhas, estantes e prateleiras faz um espaço parecer confuso, bagunçado e menor.
Por outro lado deixar as paredes “peladas” cria um ambiente frio e sem personalidade.
Prefira obras de arte de grande impacto e formato. Pode ser um poster gigante, uma tela de grandes dimensões ou uma foto ampliada.

mini6

mini8
Para quem precisa de espaço para guardar tralha, a opção é usar prateleiras flutuantes pintadas na mesma cor da parede.
Ah, e não se esqueça de desencostar seu móveis da parede, mesmo que seja só alguns centímetros. O espaço livre ao redor dos móveis engana seu olhar e faz o ambiente parecer maior.

mini9

mini10

Pequeno, mas notável. O baú é uma daquelas soluções práticas, bonitas e funcionais da decoração de interiores e que todo mundo deveria ter em casa. Disponíveis nos mais variados modelos, cores, formatos e materiais, ele é extremamente versátil e combina com diferentes estilos de decoração.

BAU

 

Eles podem ser utilizados em qualquer ambiente da casa, garantindo a organização e fazendo a vez de alguns móveis, como a mesa de centro por exemplo.

BAU2

BAU7

Já no quarto, ele pode servir para armazenar roupas de pouco uso ou cobertores quando não estiver usando.

BAU4

BAU6

Não ache que o post acabou por aqui não 🙂

Você acha que eu te deixaria ir embora sem antes conferir algumas lindas sugestões e ideias de como usá-lo na decoração? Fique mais um pouquinho e se inspire com as fotos.

BAU5

BAU8

BAU9

BAU11

BAU1

 

Versáteis, os papéis de parede são opções práticas para renovar a decoração da casa em pouco tempo. Confira 7 conselhos para usá-los em diversos ambientes.

parede

1 – É possível aplicar o papel em todas as paredes de um ambiente, criando uniformidade, ou em apenas uma, dando destaque para uma área específica do ambiente.

parede6

parede3

Se optar por aplicar o papel em todas as superfícies, o ideal é escolher um padrão mais discretas e cores amenas, para não carregar o visual.

parede8
2 – Alguns papeis de parede não são indicados para áreas externas ou molhadas: jardins, cozinhas e banheiros têm condições de umidade que podem danificar o produto, por isso, dependendo de onde for colocar, tire todas as duvidas com o fornecedor.

parede4

parede5
3 – Nos quartos, prefira revestir a parede atrás da cama. Ali, o papel de parede ajuda a criar uma moldura para a cabeceira. Além disso, como não fica no campo de visão de quem está deitado, as chances de enjoar da estampa são menores.

parede2
4 – Ao compor ambientes, o equilíbrio é essencial: se já possui móveis e acessórios bem coloridos, procure um revestimento de parede mais neutro, que não entre em conflito com a paleta de cores presente.

parede11
5 – Uma boa estampa leva personalidade ao ambiente e pode ajudar a criar climas diferentes. O floral, por exemplo, traz delicadeza e romantismo; o geométrico pode compor ambientes ousados e modernos, e bolinhas são garantia de descontração e diversão. 

parede7

PAREDE14
6 – Além das estampas, as texturas são outro ponto positivo deste material – há modelos com relevos que remetem ao toque do tecido, da palha, da madeira e até mesmo do metal. E o melhor, tudo isso a preços bem mais acessíveis que os materiais originais.
7 – A aplicação do papel de parede é simples e rápida – não provoca respingos e odores, que podem vir com a pintura, por exemplo. Quem tem um pouco de habilidade manual e disposição pode aplicar o papel em casa até sem a ajuda de profissionais.

parede13

parede12

A moda vai em vem, mas existem peças que são para sempre. Na decoração essa ideia se repete. Entre as tendências maxi e minimalistas, há como garantir estilo e praticidade sem trocar os móveis com frequência. A seguir, confira seis objetos de décor que nunca saem de moda e garantem estilo eterno para a sua casa.

luz
1 Luminária de chão
Ao invés de concentrar a claridade em um único pendente, as luminárias de chão são charmosas e ótimas para garantir boas estratégias de iluminação direta, ocupando os espaços que precisam de um detalhe extra. Dessa forma, você pode criar cantos aconchegantes mais escuros e outros mais claros para uso cotidiano.

luz1

luz2
2 Vasos 
Não existe limites para instalarmos plantas dentro de casa. Além de trazer bem-estar, o verde dá cor e é atemporal. Os vasos grandes são práticos e elegantes, preenchendo cantos vazios e sem uso. Tudo isso em um único objeto.

luz3

luz4

luz5
3 Texturas naturais
A palha, o bambu, o linho e outros materiais com acabamento natural refrescam a decoração e ajudam a quebrar o tom urbano concreto de muitos interiores. Eles podem estar em pequenos detalhes dos móveis e acessórios como bandejas, poltronas e cortinas.

luz6

luz7
4 Bandejas
Os cosméticos no banheiro ou temperos na cozinha vão parecer bem menos feios se você os dispor em uma bela bandeja.

luz8

luz9

O mesmo vale para as bebidas, que ganham uma aparência mais organizada, garantindo um charme extra no bar em casa.

luz10
5 Um objeto artesanal
Peças artesanais têm um poder parecido com o das texturas naturais. Elas refrescam o ambiente e trazem personalidade. Por isso, invista em produtos feitos por artistas pequenos, devido ao preço mais acessível, à autoria e à exclusividade. Peças de cerâmica e argila carimbam detalhes especiais.

luz12
6 Toques de madeira
Nada mais atemporal que a madeira. Ela é resistente, durável e nunca sai de moda. Nesse caso, vale investir em uma peça central de alta qualidade, para tê-la para sempre e elevar o design da sua casa. Nesse caso, mesas de jantar e de centro são ótimas opções. A madeira natural enriquece e aquece a decoração. É perfeita para quebrar o clima frio, muito comum em ambientes minimalistas e trazer aconchego.

luz13

luz14