Mês: maio 2019

A decoração Oriental, inspirada por aquele lado do globo reúne beleza, tranquilidade e praticidade em composições que esbanjam harmonia e equilíbrio, sem perderem a elegância. Prevalece a sutileza, proporcionando maior organização e otimização dos espaços.

oriente11

oriente

oriente4
Entre outras características, as que mais se destacam são espaços amplos bem ordenados, móveis como mesas, bancos e camas de madeira e ferro com estrutura baixa e molduras bem grandes. O uso de texturas como pedra e papel também chamam muita atenção nesse estilo.

oriente7

oriente15

oriente9

É comum o uso de incensos decorativos, e as paredes costumam ter decoração simples, geralmente com quadros, pratos e papel de parede da cultura asiática, com significados especiais.

oriente10

oriente1

O que torna amplos os ambientes na decoração oriental é a simplicidade do estilo e a utilização de poucos móveis.

oriente5

Seguindo a cultura oriental, as mesas de centro costumam ser baixas para servir chá.

oriente6

Ornamentação através de grandes murais, móveis laqueados, mesas laterais, vasos com bambus, louças de porcelana, chinoiserie, biombos com palha de arroz, almofadas e futon são amplamente utilizados neste tipo de decoração. Não esquecendo as luminárias.

oriente8

oriente2

Os leques, muito utilizados durante o verão para refrescar em altas temperaturas, ganham destaque na decoração também. Pendurados nas paredes, eles se tornaram uma forma criativa de complementar a ambientação de quartos, salas, corredores e até hall de entrada.

oriente13

Chapéu aqui também tem vez.

oriente14

oriente12

Espaço onde geralmente não entram as visitas, porém essencial em toda casa. Muitas vezes negligenciado na vida cotidiana e nos projetos de decoração, a área de serviço (ou lavanderia) pode ser mais bela, organizada e funcional. Afinal, nossa casa é antes de tudo nosso templo e nada melhor que ter cuidado e carinho com ela em todos seus espaços!

tanque

É normal que a lavanderia seja um problema na decoração da casa. Muitas vezes, por ter pouco espaço e do tamanho dos eletrodomésticos, acabamos montando um espaço quase que improvisado. Porém, nem sempre precisa ser assim – vide alguns mini projetos aqui.

tanque2

Com a tendência das construtoras de criarem cada vez mais apartamentos pequenos, a área de serviço está em extinção. Muitas vezes, por conta da falta de espaço e do tamanho dos eletrodomésticos, ela acaba anexada a outro ambiente e, justamente neste momento, é necessário aproveitar cada centímetro para conseguir executar as tarefas de casa.

tanque5

tanque7

Abaixo, reuni projetos de lavanderias planejadas que fazem o uso criativo dos espaços disponíveis sem perder a beleza, a funcionalidade e a praticidade.
Instale armários na parte superior do ambiente, afinal é um espaço geralmente sem uso que pode servir para guardar os eletrodomésticos e outros utensílios;

tanque4
Otimize o espaço de circulação encostando armários, secadora e máquina de lavar na parede. Caso opte por duas máquinas, a melhor solução é escolher os modelos que podem ser apoiados um sobre o outro, ocupando menos espaço;

tanque6
Instale um cabideiro no espaço que sobra dos armários ou então abaixo deles. Estes são ótimo locais para coloca-los, e assim deixam as roupas passadas em ordem.

tanque3

tanque8
Os ganchos são ótimos em qualquer lavanderia, principalmente nas que tem pouco espaço. O registro de água na parede é um exemplo disso, podendo pendurar roupas ou até cabides sem uso.

eh!DÉCOR | Organização e decoração de lavanderia pequena
No mercado de eletrodomésticos há uma grande variedade de opções compactas, então o ideal é escolher uma máquina pequena.

tanque1

tanque14

tanque13

Outra ideia recomendada é trocar o tanque da lavanderia por uma cuba de banheiro, que são menores e ainda podem dar um charme diferenciado para o ambiente.

tanque11

tanque10

 

De boas ideias este post está cheio! Reuni as dicas e soluções de decoração mais eficazes e fáceis de reproduzir, adequadas para diversos espaços da casa, incluindo as salas, salas de jantar, cozinha, quarto e banheiro. Nem os halls e corredores ficaram de fora.
Mais do que gravuras e fotografias, peças de vestuário, podem ser emolduradas. 

ideias

ideias1
Quer modernizar um armário sem gastar muito? A dica é cobrir o fundo com papel de parede Utilize sobras que você tenha em casa ou compre rolos avulsos, geralmente mais em conta.

ideias3

ideias2
Fuja do comum ao comprar sua mesinha de cabeceira. Mesinha lateral, cadeira ou, se o espaço permitir, até escrivaninha são eficazes substitutos.

ideias4
Você sempre muda de ideia em relação à posição das fotografias e obras de arte? Em vez de pendurá-las, apenas as apoie na prateleira ou em uma canaleta.

ideias5
Cadeiras de jantar não precisam ser idênticas. Pelo contrário: quanto mais diferentes umas das outras, mais descolado fica o ambiente. Se você não gosta de tanta mistura, fique com modelos especiais apenas para as cabeceiras da mesa.

ideias6
Substitua as cadeiras de jantar por um banco reto ou em L, rente à parede. Resultado: economia de espaço e praticidade.

ideias7
Posicionar um banco atrás do sofá é uma saída para aproveitar o espaço. Além disso, a peça ajuda na organização do ambiente.

ideias8
Cestos de palha ficam lindos na parede da cozinha ou da sala. Faça uma composição com algumas peças.

ideias9
Para causar impacto, eleja sempre um item de cor vibrante no décor. Pode ser uma estante, um tapete ou almofadas.

ideias10

ideias11
Quartos infantis não precisam ter móveis e acessórios coordenados em tons pastel. Deixe de lado as regras, aposte em cores alegres e envolva as crianças na decoração.

ideias12
Sala pequena? Para aproveitar melhor o espaço, opte por uma mesa de jantar redonda.

ideias13
Vários pequenos quadros têm o mesmo efeito de uma grande obra. Preencha as paredes sem medo.

ideias14
Misture móveis de estilos diferentes: a cômoda da vovó e o sofá de linhas retas, as cadeiras vintage e a mesa supermoderna. Linguagens diversificadas valorizam o projeto e deixam qualquer decoração mais interessante.

ideias16
Uma escada de madeira, apoiada na parede, vira um inusitado porta-toalhas ou revisteiro.

ideias15
Nem toda sala comporta mesa de centro. Pequenos banquinhos, mesas laterais e pufes agrupados em frente ao sofá, quando houver necessidade, têm o mesmo efeito.

ideias17
Bobinas de madeira, onde são enrolados fios elétricos e cordas, podem se tornar mesinhas laterais. Procure-as em lojas de material de construção e personalize-as.

ideias18
Em vez de cabeceira, opte por colocar uma porta ou janela antiga que esteja sobrando.

ideias19

 

Renovar a decoração da casa é sempre muito gostoso, mas quem já deu uma procurada em lojas  sabe que isso pode também ser caro. Para você deixar sua casa com uma carinha nova, mas sem gastar muito, ou nada, que tal usar o que você já tem?
A melhor parte é que todas são simples, para você colocar sua criatividade em prática sem receio de fugir do orçamento.
Vamos começar? Venha conferir e escolher as ideias que mais têm a ver com o seu estilo!

reuse
Cestos, cestas e peneiras na parede 
Provável que você tenha uma cesta sobrando por ai, são peças simples, acessíveis e fáceis de encontrar em qualquer loja, e podem fazer grande diferença quando penduradas na parede.

reuse7

reuse6
Na hora de decorar, você pode identificar determinados padrões que já existem na sua casa e introduzir o que mais tem a ver com o restante da décor.

reuse8

Vale coleções que você se empolgou, comprou e guardou. O mesmo para os pratos que foram quebrando ao longo dos anos e já não completam o número que você precisa na hora de servir.

reuse1

reuse2

reuse5

Decoração para a casa com potes de vidro
Sabe aqueles vidros de compota, conserva e até de perfumes que todo mundo guarda sem saber quando vai usar? Pois bem, você pode tirar proveito deles também nessa hora.

reuse4 

Distribuir plantas e flores pelos ambientes é uma ótima estratégia para deixar a casa alegre e cheia de vida. Por isso, a falta de vasos bonitos para colocar os arranjos não pode ser motivo para deixar de cultivar algumas mudinhas.

reuse3

Latas

Com criatividade as opções são diversas. Olhe para o que você tem com bons olhos. Não guardou os potes de vidro, mas algumas latinhas que achou bonitas demais para descartar, agora chegou a vez delas também.

reuse13

reuse12

Coleção na decoração 

Trazer a nossa história sempre deu e dará personalidade na hora de decorar. Se os objetos que você guardou não cabem na parede, eles podem aparecer em outro lugar, como as conchas na imagem abaixo.

reuse9

Já pensou em trocar os tradicionais quadros por uma tapeçaria bem bonita?
A versatilidade dos tapetes e tecidos faz com que qualquer ambiente seja adequado para a sua instalação, seja no quarto, na sala de jantar e até mesmo em um hall. A sua finalidade também é das mais diversas, servindo não só para decorar, como também para aquecer, colorir ou demarcar o espaço.

Tapetes, tecidos e tapeçarias

reuse10

Processed with VSCOcam with f2 preset
Moldura para o espelho
Nada melhor do que investir em espelhos para ampliar e destacar um ambiente, certo? Para quem tem modelos simples ou sem moldura, e está sobrando brinquedos, porque não dar outra carinha usando apenas cola quente.

reuse17

reuse16
Nessa ideia de decoração para a casa, você vai precisar de um espelho com qualquer tamanho ou formato, brinquedos, cola quente e paciência. O resultado? Um espelho emoldurado perfeito para o quarto de criança ou brinquedoteca.

Garrafas, garrafinhas e garrafões

Nada como uma noite cheia de comida boa e vinho com os amigos. Porém, ao fim do encontro, é preciso colocar a casa em ordem, lavar a louça, ajeitar os móveis, separar o lixo, entre outras atividades. E as garrafas vazias que restaram, devem ser jogadas fora? Para ajudar a diminuir a quantidade de embalagens descartadas e ainda dar um up na sua casa, boa ideia para reutilizar na decoração. Mãos à obra!

reuse14

Sacolas ganham molduras

Colocá-las em ambientes como o closet e quarto, dão toque super fashionista. E elas não precisam ser só de lojas conhecidas, você pode misturar sacolas de diferentes marcas, estilos e tamanhos e fazer combinações super lindas e originais.

reuse15

Aqui mais um programa que eu fiz com várias ideias 🙂

 

Como escolher sofá tem pegadinha. Por isso, neste post eu te ensino como escolher sofá em 7 passos.

Para não errar na hora de escolher o sofá você tem que responder estas 7 perguntas:

1. Como eu vou usar o ambiente?
2. Quanto espaço eu tenho?
3. Qual é o tecido mais indicado pra mim?
4. Que cor devo escolher?
5. Quanto eu posso investir?
6. Qual modelo combina mais com as coisas que eu já tenho?
7. O modelo que eu escolhi é confortável?

Siga esse passo-a-passo:

1. Defina como o ambiente será usado. Você está escolhendo um sofá para que ambiente? Sala, sala de TV, quarto de hóspedes, de brinquedos?

O sofá perfeito para uma sala de TV, macio e profundo, vai ficar desconfortável em uma sala  voltada para a convivência e o bate-papo. O assento profundo e mole dificulta na hora de sentar e levantar e pode deixar as visitas constrangidas.

sofa

Se a sua sala é multifunção e o sofá será usado para receber e ver TV, você tem 3 opções:

Sofá retrátil
Não é a minha opção favorita já que geralmente estes modelos são do tipo “trambolho”, quer dizer, braços e encostos gigantes que comem mais da metade da sala.

Sofá com chaise
Esta alternativa é simpática se a sua sala for retangular e comportar um modelo de 3 lugares.

sofa2

Sofá “magrinho” com pufes
Minha alternativa preferida para ambientes pequenos. Use pufes no lugar da mesa de centro e quando for ver TV use-os para se espalhar. Não se esqueça das almofadas confortáveis.

sofa3

2. Descubra o tamanho ideal do sofá

O tamanho da sua sala que vai determinar o tamanho do sofá.

Meça sua sala e faça um esboço com os móveis que você quer usar.

Considere um mínimo de 60cm livres de cada lado do sofá para que sua sala não fique com aquela sensação de “peru no pires”.

Sofás de 2 lugares geralmente medem em torno de 160 cm e os de 3 lugares em torno de 200 cm.

Evite sofás com profundidade maior do que 100cm em ambientes pequenos, é desperdício de centímetros preciosos.

Sofás com pés aparentes dão maior leveza aos espaços e funcionam bem em ambientes pequenos.

Não se esqueça de medir a largura das portas, elevadores, escadas e outras passagens para não ter surpresas desagradáveis na hora da entrega.

sofa0

3. Escolha o tecido do estofado

Você mora sozinha? Tem filhos ou pets?

Não preciso nem falar que sofá branco ou de tecidos como seda, está fora de cogitação se você tem crianças ou pets, certo? Se este é o seu caso prefira tecidos duráveis (tipo lona ou jeans) em cores escuras, couro natural, tecidos para áreas externa tipo “acquablock” ou capas removíveis e laváveis.

Aqui em casa todos os meus sofás são da capa de sarja lavável e estão comigo há mais de treze anos, faço a conta pela idade da minha filha mais velha.

Se você não tem crianças, suas opções ficam mais interessantes:

– Sarja peletizada

É macia, 100% algodão portanto natural e pode ser encontrada em uma variedade incrível de cores. É o melhor tecido para capas de sofá.

sofa7

sofa8

– Linho

O linho sintético tem a vantagem de poder ser impermeabilizado e como não amassa como o linho natural dá um aspecto mais “comportado” ao móvel. Contudo o linho natural tem toque macio e textura “amassada” que dão um toque aconchegante e rústico aos móveis.

sofa10

– Chenille

É o campeão dos estofamentos, o tecido mais encontrado no revestimento de sofás. Ele é o mais popular revestimento de sofás por sua durabilidade e preço mas vamos combinar que não é dos mais bonitos.

sofa9

– Sued

Este tecido também é muito popular.

Se puder escolher entre chenille e sued, escolha o último. É um tecido resistente mas com um toque mais macio que o chenille. Cuidado com os sueds de aspecto “molhado” e brilhante.

Dica de Designer:

Peça amostras do tecido antes de comprar, muitas lojas online enviam uma pequena amostra pelos Correios se você pagar o valor do envio.

4. Escolha a cor do tecido

Se optar por um sofá de cor escura e seu piso também for escuro, use um tapete claro para criar contraste e destacar o sofá. Antes de se decidir por uma cor clara ou escura, avalie a “base” do ambiente, quais são as cores do piso e das paredes?

Se suas paredes e piso são claros e você decidir usar um sofá claro procure usar acessórios com texturas naturais ou cores vibrantes para a decoração não ficar sem graça.

sofa1

Posso usar sofá colorido ou estampado? Claro!

O sofá é um móvel que vai viver com você por muitos anos, assim, a aposta mais segura é optar por cores neutras como tons terrosos, preto, bege ou cinza. Algumas cores contudo podem funcionar como neutros, como alguns tons de azul, por exemplo.

Se quiser ousar e optar por um sofá coloridão ou estampadão, escolha primeiro o sofá e defina o resto da decoração da sala em função dele.

sofa4

5. Defina uma faixa de preço e pesquise as opções

Use e abuse da internet, pesquise, pesquise.

E prepare-se para descobrir que talvez o sofá dos seus sonhos não caiba no seu orçamento. Esteja preparada para mudar a cor ou o tecido escolhido, não é nenhum fim do mundo.

Evite a todo custo a tentação de comprar o que eu chamo de “sofá genérico”, que o que parece barato agora pode sair caro.

sofa5

6. Avalie qual modelo combina com as coisas que você já tem.

A melhor forma de fazer isso é criar uma colagem. Imprima fotos de todas as peças e cole-as lado a lado em uma folha de papel. Observe qual dos sofás se encaixa melhor na decoração.

Você também pode fazer a colagem virtualmente usando um software como o Powerpoint.

7. Teste o conforto da peça

Agora que você já sabe o que está procurando é hora de bater perna. O objetivo aqui é testar o conforto e a qualidade da peça mas também conseguir uma boa negociação.

Conforto:

USE o sofá como se estivesse em casa, não tenha vergonha.

As almofadas são macias? O tecido tem um toque agradável? O assento é confortável? A profundidade funciona pra você? Os braços tem a altura certa?

sofa6

Qualidade:

FAÇA perguntas sobre a estrutura interna do sofá.

É de madeira? De que tipo? Usa molas e percintas elásticas? E a espuma, qual a densidade? Se o modelo for retrátil, o mecanismo funciona sem travas e barulhos?

Um sofá de qualidade tem estrutura de madeira sólida (nada de compensado), percintas elásticas no encosto, percintas e molas nos assentos, espuma com densidade mínima D-28 coberta com manta de espuma ou fibra.

Dica de Designer

Faça o teste: levante o sofá por uma das quinas, se o outro pé frontal não sair do chão é sinal de que a estrutura é muito fraca.

Pronto! Sofá escolhido só falta comprar.

Lembre-se que um sofá representa um investimento alto então não apresse a compra. Não se sinta na obrigação de comprar só porque você está na loja.

Peça um orçamento detalhado com valores, descontos, custos de entrega, prazos de pagamento e informações sobre a política de devolução. Negocie!

Como escolher sofá agora ficou mais fácil?
Curtiu? Que tal compartilhar?