Mês: julho 2019

As tendências da decoração são reflexo do humor e das demandas de uma sociedade. Assim, fugir delas é quase impossível, mas identificá-las e entender como usá-las é o que transforma, por exemplo, uma casa em um verdadeiro lar.

Assim, já estou de olho no que vai dominar a decoração e design em 2020. A “neo mint“, como é chamada, será a tendência principal no próximo ano segundo a WGSN, empresa líder mundial em tendências e previsões.

menta

menta3

A arquitetura de interiores sempre foi marcada por estilos específicos que, vez ou outra, saem e retornam. Mesmo com tantas mudanças, existe um tema que sempre está em voga — e não perde o seu valor com o passar dos anos.
Estamos falando da decoração atemporal, marcada pela simplicidade, tornando-a adequada para qualquer momento da história. É provável que cada vez mais pessoas adotem a atemporalidade como uma estratégia para manter a casa atualizada sem realizar grandes mudanças, independente do ano, e assim acho que vale para algumas coisas que apareceram e permanecerão forte daqui em diante.

menta4

Espaços menores
Os espaços cada vez menores é um processo que já vem sendo praticado em diversos países. Com menos área disponível para construir, é provável que a oferta e procura por residências pequenas se mantenha em alta nos próximos anos.
A construção de casas e apartamentos compactos traz a necessidade de se pensar novas configurações e divisões do espaço interno.
Nessa condição, a planta se torna livre para integrar ambientes, os armários e estantes se transformam em paredes divisórias e as cores claras predominam para dar amplitude.

menta5
Equipamentos inteligentes
A tecnologia continua surpreendendo e hoje está presente em qualquer ambiente utilizado pelo homem. Uma solução que ganha espaço é o desenvolvimento de sistemas inteligentes para o controle e otimização de tarefas cotidianas.
Alguns desses produtos tecnológicos encontrados no mercado são: portas acionadas pelo toque, iluminação LED e corrediças invisíveis.
A automação residencial já é realidade e permite integrar diversos equipamentos motorizados para agregar conforto, praticidade e design diferenciado a qualquer ambiente.

menta6

Móveis multifuncionais
Moradias compactas precisam ser preenchidas com móveis que ofereçam mais do que a função básica. Nesse cenário, as peças multifuncionais vêm ganhando atenção da indústria moveleira, que agora se preocupa em produzir modelos versáteis sem deixar de lado a boa estética.
Existem diversas opções — e todas podem ser adaptadas as suas necessidades. Veja alguns exemplos:
sofá-cama: oferece assentos e colchão improvisado;

menta7
Painel com nichos e prateleiras embutidas: economiza espaço ao oferecer suporte para TV e objetos, a cama baú o baú presente na base da cama traz espaço extra para armazenamento de objetos e mesa dobrável: economiza espaço quando dobrada e aumenta de tamanho conforme a necessidade.

Itens customizados
O retorno à tradição através do trabalho manual também é uma tendência que promete ficar nos próximos anos. Isso se mostra com o surgimento de novos artesãos focados em vender diretamente para o consumidor final.
Esse tipo de trabalho permite a criação de itens, que atendam ao gosto e costume específico do cliente. Entre as principais procuras estão os móveis exclusivos, produzidos com técnicas artesanais para um ambiente com características únicas.
menta8

menta9

Design sensorial
Na decoração, o sentido tato vem conquistando a mesma atenção da visão. Isso se prova com o desenvolvimento de novos produtos focados no design sensorial.
Uma forma simples de incluir o design sensorial em casa é apostar em modelos variados de tapetes, cortinas, mantas e itens com superfície texturizada. 
menta10
Matéria-prima reciclada
O tema sustentabilidade já é incorporado aos projetos de design e arquitetura há alguns anos. Em um mundo cada vez mais consciente sobre a importância da preservação de recursos naturais, é bem provável que a adoção de práticas e técnicas sustentáveis se mantenha.
Inclusive, a tendência de usar matéria-prima reciclada para a criação de novos produtos deve ir além do ano 2020. O design continuará focado no desenvolvimento de móveis com madeira de demolição, estruturas de plástico reciclado e revestimentos com fibra de bambu.

menta11
Acessórios com toque pessoal
As casas pequenas não têm mais espaço para quinquilharias. Nesse novo modo de viver, as pessoas guardam arquivos, documentos e dados importantes na nuvem.
A tecnologia, portanto, é uma grande aliada da organização e permite que coisas importantes sejam transferidas do mundo físico para o virtual.
Apesar disso, o pouco que sobra para manter em casa será cada vez mais visível, e não escondido. A tendência é transformar acessórios e pertences em verdadeiros protagonistas da decoração.
Coleções de livros, quadros da família, coleções, painéis de fotografias antigas e obras de arte serão exibidos para transmitir a personalidade de quem vive no local.

menta13

menta12

Materiais de origem natural
Vivemos em um mundo globalizado e recheado de estímulos e informações. Nessa situação, é comum a procura por formas de vivenciar a simplicidade e experimentar uma época em que tudo era mais tranquilo.
Para atingir esses efeitos e sensações, o uso de materiais de origem natural é ideal porque traz o toque da natureza ao local. Móveis e objetos feitos com madeira, bambu, lã e couro são os preferidos para uma decoração que aproxima o homem da sua essência.

menta14

Tem muita coisa legal chegando por aí, não é? Se você acha que são muitas tendências para incluir em casa, a dica é começar aos poucos com a adição de peças simples e atemporais. Depois, você pode testar elementos das outras apostas em alguns cômodos e decidir qual estilo de decoração combina mais com a sua personalidade.
Gostou deste artigo? Compartilhe essas tendências em suas redes sociais e mostre para seus amigos que você está antenada nas novidades!

O bem-estar dentro de casa é adquirido por meio dos detalhes. Por isso, caprichar na decoração é a primordial para conseguir um espaço receptivo, começando pelo hall de entrada. 
A gente nem faz ideia da sua real importância, até porque ele é um ambiente pouco delimitado, pequeno e muitas vezes de passagem. Mas o hall de entrada, mesmo quando é apenas um corredor ou o lugar onde você dá seus primeiros passos ao entrar em casa, é um cantinho extremamente funcional quando bem utilizado.

vivo

O móvel escolhido para este espaço vai variar conforme a quantidade de m² que você tiver a sua disposição. Se você mora em uma casa espaçosa e tem um hall de entrada grande, com certeza poderá investir em um móvel maior, se for pequeno, opte por um aparador com proporção ideal para esse espaço.

vivo7
Além de trazer brilho e ampliar o espaço que em grande parte das vezes é minúsculo, o espelho é perfeito para darmos aquela checada antes de sair de casa, fora o poder de fazer com que o ambiente pareça maior e mais iluminado.

vivo4

A entrada da casa passa a primeira impressão sobre o estilo de vida do morador. Halls bagunçados passam longe de ser o melhor jeito de receber. Pense nas cores que equilibrem com o restante dos enfeites que você queira colocar.

vivo1

Para dar um visual mais confortável invista em texturas naturais, como em um tapete e um vaso de cerâmica, por exemplo.

vivo2

Perfeitos para trazer um toque de aconchego e rusticidade aos ambientes, as cestarias permitem diversas combinações e estão em alta no décor.

vivo9

Pode ser de chão, de parede, ou em ganchos, o cabideiro é o curinga na organização. Assim, nós temos um local para pendurar o casaco, a bolsa assim que entrar em casa, evitando que esses itens fiquem jogados sobre o sofá ou a mesa. Além de não deixar a roupa amassar e ficar ao alcance das mãos na próxima saída.

vivo6
Uma caixinha sobre o aparador, um prato bonito, bowl ou uma cesta, o essencial é ter um porta-chaves em um lugar reservado somente para essa finalidade. Ninguém quer se atrasar para um compromisso importante porque nunca lembra aonde guarda as chaves do carro.

vivo11

O primeiro espaço que encontramos ao entrar numa residência pode transmitir a personalidade dos moradores e preparar os visitantes para a transição do ambiente da rua para o doméstico, pense nisso! 

vivo8

vivo10

Outro fator que devemos levar em conta é a iluminação, ela tem o poder de ajudar no décor, quando bem feita, e quando mal trabalhada ela o efeito é inverso.

Photo by Sarah Elliott for Jenni Kayne / Rip & Tan

As plantas são sempre bem vindas, maiores quando há espaço e, em pequenos espaços vale um vasinho.

vivo3

Que tal tornar seu cantinho ainda mais funcional? Espie esse vídeo que fiz para um programa de tv local.

Não deixe de me contar como você decora este espaço na sua casa aqui embaixo nos comentários. 

Decorar a sala, para alguns, parece trabalhoso, mas pode ser divertido também. Com algumas ideias criativas você consegue transformar esse ambiente no melhor lugar para estar. Nessa hora, a mesa de centro, além de ser útil, prática e servir como apoio, tem o poder de ser o elemento chave na decoração e roubar a cena.

basse

Existe no mercado uma infinidade de modelos, formatos, cores, tamanhos, alturas e, por isso mesmo, é preciso ter cuidado na hora de escolher. Beleza é fundamental, mas não é tudo, e escolher o móvel errado pode fazer com que ele destoe de todo o resto da decoração. 

O primeiro ponto a ser levado em consideração é o espaço disponível para a mesa de centro. A partir daí será definido o tamanho dela e, para isso, é fundamental estudar o layout do ambiente em escala real.

Deve ser deixado, ao menos, algo em torno de 60 centímetros de distância entre ela e os sofás ou poltronas. Isso porque a boa circulação é importante.

basse3

Algumas mesas de centro, apesar de interessantes, apresentam dimensões muito acima ou muito abaixo do que poderiam ter em relação ao ambiente.

Outro cuidado deve estar relacionado à altura dela. O que é preciso levar em consideração é que o móvel serve como apoio para copos e aperitivos e que dá suporte às pessoas que estão sentadas próximas. 

basse1

Os enfeites para mesa de centro também precisam ser bem pensados, de texturas e alturas variadas. Vale itens trazidos de viagens, enfeites, fotografias, vasos, livros, bandejas entre muitas ideias.

basse11

Vasos bonitos de diferentes materiais, caixinhas e velas podem ser colocadas para decorar.

basse4

Flores bem coloridas ou não, folhagens são clássicos e ficam ótimos.

basse8

Pares de objetos funcionam bem, assim dá um sentido de organização e coerência. Se a mesa for pequena, não abuse tanto. Seja um vaso, cinzeiro ou velas, sobre livros é beleza garantida.

basse9

basse5

Escolha os objetos queridos que você tem expostos no móvel. A ideia é deixar o móvel com uma decoração harmonizada e nada muito lotado de coisa.

basse7

basse10

basse12

Deixo um vídeo meu passo a passo.

Tente manter sua mesa bem organizada e limpa sempre. Qualquer dúvida, conte comigo!

No local pequeno, coloque o mínimo de móveis ou acessórios desnecessários, isso dará a impressão que o local é maior e ficará sempre organizado.

pouco

pouco3
A procura por imóveis menores com ambientes pequenos vem aumentando significativamente ao longo dos anos e reflete um novo estilo de vida que tem se espalhado pelas grandes cidades ao redor do mundo.

Seja pelo preço mais acessível, ou pela praticidade, os ambientes pequenos estão em destaque, especialmente em grandes cidades. Mesmo se tratando de lugares com pouco espaço, o que pode parecer um problema na hora da decoração, não faltam opções de como montar um ambiente aconchegante, funcional e cheio de estilo.

pouco5
A boa notícia é que a decoração também se adaptou aos espaços pequenos e hoje oferece muito conforto unido à praticidade e à beleza.
Prefira uma decoração clean, ela vai dar a impressão de ser mais espaçosa a sua sala. Menos objetos diminuem a impressão de desorganização e não use nada atrapalhando a circulação.

pouco7
Identifique todos os objetos que ninguém usa e elimine de sua sala, coisas velhas que acabam desvalorizando o ambiente e atrasando seu dia a dia com o acumulo de poeira.
Os móveis de linhas retas sempre valorizam os espaços pequenos e dão a sensação de limpo e menos sobrecarregado.

pouco2
Não utilize sofá grande demais e nem pequeno demais, escolha um que encaixa no espaço certo para ele. Uma dica é sempre tirar as medidas do local onde deseja colocar.

pouco1
Além do sofá, aposte nos puffs, poltronas e banquinhos, eles ocupam menos espaço e ajudam muito na hora de acomodar mais gente.

pouco11

O sofá sem braço ocupa menos espaço a amplia a visão do local, dando sensação de amplo.

pouco6
Outra dica é usar móveis longos que fiquem com os pés à vista, dão a sensação de alongar.
Escolha uma mesa de centro proporcional ao tamanho da sala.

pouco8
As plantas são bem-vindas nos espaços pequenos, o que muita gente acha que não, mas elas trazem vinda em ambientes grandes e menores.
Prefira cores mais claras para decorar a sala de modo geral, mas não deixe tudo monocromático, almofadas coloridas ajudam a dar graça no ambiente.

pouco12
Se não quiser abrir mão das cores escuras, escolha uma parede para colorir.

pouco4
Prenda a TV na parede, assim como economiza espaço.
As luzes são fundamentais para que o ambiente fique com cara de amplo, senão tiver luz natural suficiente, abuse de luminárias e abatjour.

pouco14

pouco16

Os tapetes ajudam a deixam o local mais bonito e aconchegante.

pouco13
Não tenha medo de colocar quadros na parede.

pouco17
O teto tem que ser com o mínimo de detalhes, quanto mais simples melhor.

 

pouco15

Se ainda tiver alguma pergunta ou dúvida, não deixe de me chamar kika@kikajunqueira.com.br

Terminando as férias, começam as aulas sem grandes interrupções. Assim, costumam a aparecer lápis espalhados pela mesa, cadernos jogados no sofá e livros caídos pelo chão. Nessa hora, os pais não devem sair recolhendo tudo o que encontram pela frente, mas, sim, ensinar os pequenos a cuidar do material escolar e algumas dicas de como organizar podem te ajudar nessa hora.

aula

— Os livros e cadernos devem ter o seu lugar definido, de preferência dentro de um armário perto ou embaixo da mesa de estudo.

aula1

O material de escrita e desenho como lápis, canetas e hidrocores podem ficar na mesa de trabalho em um porta-lápis. Devem estar apontados e prontos para uso.

aula3

aula12

Que tal começar a organização pela mochila? Ao chegar da escola, nada de deixá-la em qualquer lugar.

aula2
— É sempre bom estabelecer um local para deixar as mochilas. Pode ser dentro de um armário, na parte inferior, a fim de facilitar o acesso para a crianças. Outra sugestão é a utilização de ganchos reforçados de parede, na altura que eles alcancem.

aula4

Como guardar lápis e canetas?
É sempre aconselhável ter um estoque de lápis, borrachas e canetas para que não falte na hora que a criança está fazendo os deveres (evitando com isso a distração e a adiamento). Podem ser guardados em gavetas, em compartimentos separados ou em potinhos sobre a mesa, mas não em excesso, para não dispersar a criança do foco principal, ou seja, da tarefa de casa e o estudo.

aula9
Como manter livros e cadernos sempre limpos?
Para melhor a conservação do material escolar, o indicado é guardar os cadernos num nicho do armário ou da prateleira. Prefira os cadernos de capa dura, pois têm maior resistência e aceitam a limpeza com pano ligeiramente úmido, apenas para tirar algum detrito agarrado.

aula5
Em cima da escrivaninha devem ficar apenas itens relacionados ao estudo ou também podem ser colocados objetos de decoração?
De preferência, devem ser colocados apenas os itens de estudo, para que a criança não se distraia com outros objetos na hora de fazer a lição de casa.

Cuide também para que haja uma boa iluminação.

aula8
Há uma posição correta para guardar os livros?
A posição que mais facilita o acesso ao livro é na vertical, mas, em alguns locais com espaço reduzido, organiza-se na horizontal.

aula11

A dica fica por conta de arrumar sempre as lombadas com os títulos na mesma posição, para que a pessoa possa encontrar o livro que deseja com facilidade.

Horários de aulas e atividades devem ser anotados num mural ou quadro?
Sim, é importante para que todos na casa possam acompanhar a rotina da criança e ela mesma possa aprender a consultar essas informações e se preparar melhor para suas atividades.

aula6

Organização é fundamental, não só do material escolar assim como quartos e banheiros.

aula10

aula14