Dicas de como usar tapete na decoração – Para não errar no tamanho, combinar estilos e formas, e apostar no modelo ideal para quem tem pet

O tapete é um acessório cheio de utilidades: pode dar mais personalidade e aconchego, definir ambientes, melhorar a acústica e a sensação térmica de uma casa. Mas existem alguns segredinhos para não errar na hora de usá-lo. Confira, a seguir, algumas dicas para decorar com tapetes:

kil1

Tamanho

Para definir o tamanho dos tapetes é preciso se basear na medida dos móveis e dos ambientes. Quando ele está sendo usado para definir um ambiente, deve ficar de 15 cm a 20 cm maior que a área que está demarcando. Abaixo do sofá, ele deve entrar cerca de 10 cm, mas se o móvel for encostar na parede, pode ser um pouco mais. No caso de poltronas, é ideal que a peça fique inteira sobre o tapete.

kil13

Para salas de jantar, é preciso calcular o espaço necessário para manejo da cadeira sem que ela enrosque na peça.

kil3

Definir ambientes
Em espaços conectados, uma tendência dos apartamentos integrados, é possível usar o acessório para demarcar ambientes. Uma peça pode definir a área da sala de jantar enquanto outra determina o living, por exemplo.

kil4

Como combinar
Para coordenar os tapetes em ambientes integrados, é mais indicado que uma peça tenha mais personalidade, enquanto a outra siga um estilo mais neutro. Vale lembrar que os tapetes podem funcionar como uma base neutra para o décor ou como ponto focal.

kil5

Sobreposição
Sobrepor duas peças pode criar um visual diferente e a escolha delas depende muito do estilo da decoração e dos moradores. É uma tendência utilizada desde os tempos do carpete, quando o tapete vinha por cima.

kil6

Não há muitas regras, mas para acertar, aposte em uma peça mais básica, de tom mais neutro ou fibra natural, e ouse no tapete que vai por cima.

Peludos
Opte por usar esse modelo em áreas íntimas, como quarto ou sala de TV. Em espaços de alto tráfego os tapetes peludos não são indicados, pois retém muito pó e se deterioram mais rapidamente.

kil7

Redondo
Eles são mais difíceis de usar, já que não é fácil distribuir os móveis sobre tapetes redondos – o ideal é que ele englobe toda a mesa de jantar, por exemplo.

kil8

Em espaços enxutos, vale combinar pequenas peças sem a necessidade de estarem centralizadas, criando um conceito com os acessórios.

kil9

Na parede
A tapeçaria na parede virou sucesso absoluto nas redes sociais e nas feiras de design manual, e é a aposta máxima para decorar a casa, resgatando o ancestral de diferentes formas e estilos.

kil10

É ideal para quem quer dar um toque mais artesanal ao décor.

kil12

Pets
Quem tem pet em casa deve se preocupar com a limpeza dos tapetes. Por isso, vale investir em peças mais resistentes e sintéticas, que possam ser molhadas.

kil2

Sem escorregar
Para deixar o tapete fixo ao chão e evitar acidentes, vale colocar um feltro embaixo ou forros que melhoram a aderência da peça ao chão. Há também fitas dupla face especiais para tecidos que podem ser muito úteis em ambientes de alto tráfego.

kil

Cuidados
A indicação dos profissionais é que os tapetes sejam levados em lugares especializados para limpeza. Mas é importante fazer a manutenção com certa regularidade, a cada seis meses ou um ano, para que a sujeira não impregne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.