Categoria: Coffee table

Elas podem ser redondas, quadradas, retangulares, alone, em pares e até um pufe. Ter os mais variados estilos. Sóbrias, românticas ou descoladas. Mas uma coisa têm em comum: são essenciais. As mesas de centro decoram o ambiente e dão todo apoio que você precisa na rotina diária. É lá que podemos servir um cafezinho, organizar as revistas favoritas, livros e ter sempre uma florzinha colorindo a sala.

coffee

Esse móvel charmoso e funcional é daqueles que a gente precisa ter em casa e ponto final. Mas como decorar a mesinha de centro? Todo mundo quer deixar a sala bonita, simpática e com a sua cara. Só que são tantas emoções e tantas opções, que a cabeça às vezes fica confusa. As dicas de hoje vão te ajudar a deixar sua mesa de centro arrumadíssima e bem decorada, igualzinho aquelas que aparecem nas fotos das revistas e blogs de decoração.

A PALAVRA DE ORDEM É ORGANIZAÇÃO
Ela precisa estar sempre arrumada. Diga adeus à bagunça, elimine tudo que não for essencial e invista em objetos afetivos – que fazem seu coração bater mais forte. O segredinho aqui é organizar os objetos de forma equilibrada, combinando volumes, formatos, cores e tamanhos diferentes.

coffee1]

coffee2

coffee3

coffee4

Antes de escolher cada item da decoração, pense bem na função que a mesa de centro terá na sua casa. Se crianças forem uma presença constante, o melhor é ser minimalista para relaxar e curtir a casa sem stress.

Em primeiríssimo lugar, aposte em plantas e vasos de flores. Sua casa vai ganhar mais vida, mais verde e muito mais amor. Se seu ponto forte não for flores, invista em plantas fáceis de cuidar, que sejam próprias para ambientes internos.

Bandejas e cestinhas são lindas, combinam com tudo e ainda ajudam a guardar objetos do dia a dia.

coffee5

coffee8

As revistas mais recentes, um livro com a capa linda são super bem vindos. Viva o poder da escolha entre o design e a funcionalidade. Mas não se esqueça que eles devem caminhar juntos. Sempre.

coffee6

coffee9

Cuidado para não exagerar na quantidade de objetos. A mesa de centro precisa ficar linda, mas também tem que sobrar espaço para apoiar copos, xícaras de cafés e bandejas na hora de servir. Use a criatividade. Viva. Experimente. Veja de longe como ficou. Peça a opinião de alguém. E o mais importante: mude sempre que tiver vontade.
Senão se aguentar e quiser usar um vaso maior ou objeto alto, retire quando receber visitas para que não atrapalhe a conversa e a visão.

coffee7

Para mais ideias, me sigam no Instagram como @kikajunq

Um dos maiores artifícios da decoração é a versatilidade de transformar móveis, e às vezes até o próprio ambiente, em peças funcionais para deixar o seu dia a descomplicado e com a sua cara.
Decorar a casa é pensar nos pequenos detalhes. Se eles forem esquecidos, não adianta arrumar uma sala linda com belos móveis, pois ficará sempre a sensação de que falta alguma coisa. Com a mesa de centro não é diferente, e pode parecer, mas não é tarefa difícil.

CENTROS

Não vale só escolher uma peça bonita – é preciso também caprichar na arrumação. E isso requer alguns truques, mas é uma tarefa simples. Quer ver?
Simetria, proporção e equilíbrio são fatores fundamentais para a distribuição harmoniosa dos objetos. Livros, velas, obras de arte, cachepot e bandejas são os itens mais usados nessa hora. Mas parta do princípio de que menos é mais e não embole os elementos.

CENTROS2

CENTROS3

Dica – Trace uma linha imaginária sobre a mesa, dividindo-a em partes mais ou menos iguais. Trabalhe com a contraposição entre espaços cheio e vazio, buscando um visual dinâmico, mas equilibrado.

Espaços vazios proporcionam leveza e são importantes para apoiar bandejas em dias de casa cheia.

CENTROS7

Os objetos mais altos devem ser usados em uma das extremidades da mesa. Só cuidado para que não fiquem no campo de visão de quem está sentado no sofá.

CENTROS4

A decoração deve ter a sua cara.

CENTROS5

CENTROS6

Escolha livros de assuntos que tenham a ver com você e seus interesses. Vale também usar objetos de valor sentimental, com alguma história e até pequenas coleções.

CENTROS8

CENTROS9

Colocar enfeites que remetam a época e festas também caem bem, quando terminar é só retira-los.

CENTROS1

Para mais dicas, ideias, sugestões também estou no instagram como @kikajunq

A mesa de centro, além de ser útil, prática e servir como apoio, pode ser elemento chave na decoração de um ambiente e roubar a cena. Existe no mercado uma infinidade de modelos, formatos, cores, tamanhos, alturas e, por isso mesmo, é preciso ter cuidado na hora de escolher a ideal para a sua casa. Beleza é fundamental, mas não é tudo e escolher o móvel errado pode fazer com que ele acabe com o resto da decoração. Confira dicas para eleger a mesa de centro ideal, que seja versátil e confira charme ao ambiente.

mc

O primeiro ponto a ser levado em consideração é o espaço disponível para a mesa de centro. A partir daí será definido o tamanho dela e, para isso, é fundamental estudar o layout do ambiente em escala real. Deve ser deixado, ao menos, algo em torno de 60 centímetros de afastamento entre a mesinha e os sofás ou poltronas. Isso porque o móvel deve estar harmonizado à circulação e layout do ambiente sem se apresentar como uma barreira física. Algumas mesas de centro, apesar de interessantes, apresentam dimensões muito acima ou muito abaixo do que poderiam ter em relação ao ambiente.

mc1

Outro cuidado deve estar relacionado à altura da mesa de centro. O que é preciso levar em consideração é que o móvel serve como apoio para copos e petiscos e que dá suporte às pessoas que estão sentadas nos sofás e poltronas. Geralmente, assumem a altura até o joelho das pessoas, ou seja, algo em torno de até 55 centímetros. Assim, ela serve como apoio e, com esta altura, permite que os objetos sejam visíveis e destacados, sem chamar para si demasiada atenção, já que se for mais alta que isso, pode interferir na ambiência do espaço, sem ser possível que objetos de dimensões maiores sejam dispostos em seu tampo.

mc3

mc2

A questão estética também é quesito fundamental na hora de escolher. No mercado, existem muitas opções, de vários formatos, tamanhos, cores e materiais. Em relação aos formatos disponíveis, os mais facilmente encontrados são os quadrados e retangulares. Porém existe uma infinidade de possibilidades. Pode-se usar também formatos triangulares, ovais e orgânicos, que são mais livres. Estes podem dar um charme todo especial ao ambiente. E pode-se ainda fazer um mix utilizando diferentes mesas de centro.As mesas orgânicas também são uma boa opção e caem bem em uma decoração mais rústica ou clean. Uma decoração mais clássica pede um centro no mesmo estilo, mas não é regra obrigatória: estilos diferentes podem dialogar, sempre com cuidado para não brigarem entre si.

mc7

Também há uma variedade muito grande quando se trata de materiais.
É preciso, no entanto, ficar atento ao tipo de uso que ela terá. A estética deve ficar em segundo plano quanto à funcionalidade: uma mesa pesada pode ser um transtorno para um cliente se ele tiver o hábito diário de arrastar a mesa para limpar embaixo. Neste caso, será bom instalar rodízios ou, além de optar por uma peça mais leve, pode-se ter uma mesa de centro com pés de apoio, que deixem o acesso ao chão livre. Outro ponto diz respeito à superfície. Ela tem que ser plana e estável. Muitos modelos priorizam o aspecto visual, misturam materiais e alturas diferentes e esquecem da sua função principal e fica até difícil colocar um copo com segurança. Quando a superfície não for totalmente plana, é indicado utilizar bandejas em cima da mesa.

mc5

mc8

A escolha da cor também é tarefa difícil e, para acertar, é preciso definir, inicialmente, se o objetivo é dar destaque à mesa de centro ou neutralizá-la. Se você quer dar destaque ao estofado e neutralizar a mesa, esta terá que ser discreta, em vidro, madeira ou cores neutras. Também poderá seguir o mesmo estilo dos móveis, principalmente se for um estilo marcante como o clássico. Já se o estofado for neutro e a ideia é destacar a mesa, poderá usar cores, com madeira de demolição ou laca colorida, de cores fortes. Neste último caso, recomendo adotar uma paleta de cores do ambiente presente em quadros, mesas laterais e objetos de decoração para unificar visualmente o espaço.

mc4

Vale reforçar a questão da segurança, que não deve ser deixada de lado na hora de escolhe-la. Para quem tem criança em casa, deve-se ter o cuidado para que não possuam pontas agudas ou vidros de quina, tendo em vista a facilidade de acidentes. Também é fundamental que o tampo da mesa não seja apenas apoiado sobre a base, mas fixado, de modo que não saia do lugar.

mc6

mc9

Um dos maiores artifícios da decoração é a versatilidade de transformar móveis, e às vezes até o próprio ambiente, em peças funcionais para deixar o seu dia a dia mais prático, confortável e aconchegante. Nesse contexto, as mesas de centro surgem como o grande curinga das salas. Além de decorar, elas servem de suporte para os sofás que ficam a sua volta e, o melhor de tudo: delimitam o ambiente e ocupam pouco espaço.

mesass9

Como o próprio nome já indica, normalmente este tipo de mesa fica bem no centro da sala. Em diversos tamanhos, cores e formatos, as mesas de centro também são encontradas em diversos materiais como madeira, vidro, acrílico, laca ou metal.

mesass8

As mesas podem ter um visual mais retrô ou um design mais moderno. A decoração fica por conta de vasos com flores, retratos da família, revistas e livros (dependendo do modelo), entre outros objetos decorativos, e também servem para o controle remoto na hora que você estiver vendo TV ou para apoiar a bandeja e abrigar pequenas coleções.

mesass

O ponto de partida de toda e qualquer decoração é deixar o ambiente com a sua cara, imprimindo a sua personalidade em cada detalhe. Por isso, antes de escolher a mesa de centro para a sua sala, faça uma análise do que você gosta. O ambiente tem um estilo específico? Você tem muitos móveis ou prefere algo mais minimalista? Aconchego, energia ou funcionalidade, qual é mais importante para você? Com isso bem definido, você já pode escolher sua mesa, mas lembre-se de que o móvel deve compor o espaço e não ditar como ele será, seguindo a decoração do ambiente em harmonia de cores, tonalidades e estilos.

mesass7

mesass6

Independentemente de qual for o modelo, a altura deve ser menor ou igual que os assentos do sofá e não deve ocupar todo o espaço central da sala. Afinal, as pessoas precisam circular pelo ambiente sem esbarrar nos móveis. Antes de ir às compras, tire as medidas da sala. É recomendado deixar um espaço de 40 a 60 centímetros entre a mesa e os outros móveis que estiverem por perto. Também não é recomendado colocar objetos muito altos em cima da mesa de centro, evitando atrapalhar a visualização da sala ou até mesmo a conversa de um sofá para o outro.

mesass1

Vale combinar a mesa de centro com os outros móveis da sala e não precisa necessariamente ser o sofá. A inspiração pode vir da mesa lateral, do aparador, da estante, ou do painel da TV. Isso se você quiser valorizar o ambiente, criando uma unidade na decoração, mas não é uma regra a ser seguida à risca.
O princípio básico aqui é manter a harmonia. Devem ser harmônicos, mas não necessariamente ser parte e uma mesma linha. Você pode usar materiais e desenhos diferentes desde que algum detalhe de outros móveis ou objetos remeta à mesa de centro.

mesass5

Em sala pequena

Quando a sala é pequena, a regrinha clássica “menos é mais” vem com tudo. Será que vale a pena investir em uma mesa de centro? Se a resposta for sim, avalie o espaço que você terá disponível, cuidando para não obstruir a circulação, e opte por cores mais neutras. Prefira mesas baixas, longilíneas ou com formas curvas.
Outra recomendação é escolher o móvel de acordo com o formato do ambiente. Para salas quadradas, opte por mesas quadradas ou redondas. Para salas retangulares, escolha mesas retangulares ou ovais. Dessa forma, você garante continuidade ao ambiente, delimitando bem o espaço.

mesass3

É importante manter simetria, cores e texturas que sigam a mesma linha de decoração de toda a sala. Os itens devem estar organizados de forma harmônica, sem ocupar muito a superfície da mesa, nem ser muito volumosos. Então veja algumas ideias de objetos decorativos para inspirar sua mesa de centro.

mesass4

mesass2

A mesa de centro na sala deve ser bem escolhida devido a vários critérios: tamanho do espaço disponível, formato da sala e estilo da decoração e dos moradores. É ela o diferencial, pois além de dar charme podemos incrementar com algum artigo de decoração como vasos, velas, livros, plantas e muito mais.

ct

É ideal que o tamanho seja adequado para apoiar os objetos de decoração e do seu dia a dia, como por exemplo, um copo, para que ela seja também funcional. É interessante observar a dimensão do espaço, prefira as mesas quadradas e redondas quando a sala for quadrada, já as salas retangulares o bom é investir em formatos longos como as ovaladas, dessa forma o móvel vai dar sensação de continuidade no espaço.

ct8

ct9

A mesa deve harmonizar com a decoração para que não fique carregado, por isso é preciso saber o que colocar sobre ela.

ct7

ct6

ct5

Se a sala for muito pequena é aconselhado a não utilizar a mesa de centro no ambiente, pois atrapalha na circulação e acesso. Então prefira a mesa de canto com tamanho pequeno e posicione ao lado sofá para agregar na decoração.

ct4

ct2

ct1

ct3