Categoria: decor

Você conseguiu se mudar para seu tão sonhado primeiro apartamento/casa, mas nem sempre ela tem a metragem essencial para caber todos os móveis que você deseja. E agora? Como otimizar o espaço e fazer o ambiente parecer mais amplo?

Vamos começar pelos móveis para sala, o ambiente que pode ser o cartão de visitas da sua casa.

Evite móveis desnecessários

Nesse caso, menos pode ser realmente mais. Colocar muitos móveis por m² pode fazer sua sala parecer ainda menor e confusa. O sofá normalmente é a estrela da sala, mas em um ambiente pequeno ele pode se tornar um elefante branco. Escolha um proporcional ao seu espaço e não esqueça de levar em consideração a circulação do local.

peq
Um sofá bojudo e retrátil pode ser muito confortável, mas não sobrará lugar para mais nada. Se ele só cabe em uma posição, parta dele para organizar os outros móveis ao redor. Também não existe a necessidade de encostar todos os móveis nas paredes, para uma suposta sensação de mais espaço no centro. Um sofá de dois lugares pode ser complementado com uma dupla de poltronas na lateral para quem costuma receber visitas e delimitando a área da sala.

peq3

Também não é necessário se prender só a dupla sofá + rack de TV. Aliás, o rack é um dos móveis que pode ser abolido.
É essencial ter TV na sala? Muitos modelos permitem prender o aparelho diretamente na parede. Para apoiar aparelhos de som, tv a cabo e enfeites, você pode instalar uma única prateleira longa embaixo.

peq5

peq4
 Explore também a altura da parede, investindo em nichos e prateleiras mais rentes ao teto.

peq1

Já a mesa de centro pode ser trocada por uma mesinha lateral ao sofá, ou mesmo um carrinho de bebidas que pode fazer as vezes de apoio.

peq7

peq0
Invista em detalhes para decoração que não ocupem espaço, como um pufe, ele faz também a vez da mesa de centro e vira mais um assento para acomodar visitas.

peq6

peq8

A escolha do tapete de acordo com o tamanho do ambiente também é essencial. A peça deve, de preferência, ter a largura do sofá, mas não precisa ter a mesma área da sala, para não engoli-la. Se ele cobrir apenas o centro do ambiente, já dará a ideia de mais amplitude.

peq9

Para complementar a decoração, aposte em uma parede com montagem de quadros e pôsteres que vão dar charme ao ambiente pequeno.

peq12

peq11

peq13
Mas se quiser dar aquela repaginada, não deixe de conferir mais dicas aqui!

Decoração de parede é o tema de hoje. Vamos sair um pouco das escolhas óbvias de quadros e posters e incluir algumas peças que funcionam como elemento surpresa.

surpresa1
A ideia é criar uma composição com mais textura e profundidade do que só a tradicional parede-galeria com quadros.

surpresa2

surpresa4
Quando você inclui objetos decorativos com acabamentos diferentes no meio dos quadros, sua parede ganha personalidade.

surpresa3

surpresa5

surpresa9
Pense em espelhos, tramas artesanais (como crochê, macramê), tecidos e tapeçarias, objetos do dia-a-dia (como cestas e objetos de cozinha), azulejos, esculturas e até peças de roupa.

surpresa6

surpresa11

As paredes da casa são um chamado permanente à imaginação. Existem muitas maneiras de decorá-las de forma criativa, conferindo ao ambiente muito mais personalidade. O importante é explorar possibilidades, materiais, objetos, revestimentos e o que mais vier à mente.
Isso vale para quartos, salas de estar, salas de jantar, cozinhas, lavanderias, banheiros, halls de entrada e varandas. Onde houver uma parede, sempre haverá uma oportunidade de transformação inusitada e que torna o ambiente realmente especial.

surpresa10

surpresa14

surpresa8

surpresa

surpresa15

surpresa17

Cansou de ver o mesmo armário na cozinha todos os dias? Dê um upgrade no décor, usando desde a boa e velha tinta até alguns produtos que talvez você não conheça!

Existem diversos motivos para querermos repaginar nossas casas. Não está satisfeito com os seus gabinetes? Transforme-os facilmente com essas dicas, devolvendo a essência e a beleza ao ambiente:
1. Use tinta!

Não há maneira melhor de renovar um ambiente que com um pincel e uma boa lata de tinta. Uma cozinha escura, por exemplo, pode parecer completamente iluminada ao ganhar gabinetes brancos. Se o branco for muito básico para seu estilo, pode experimentar com a sua cor favorita ou fazer um esquema de duas cores?

pintar

1
Tire as portas e rotule-as. Use uma chave de fenda para remover portas e gavetas da estrutura. Aplique um pedaço de fita adesiva e escreva sobre ele um número ou uma letra. Coloque outro com o mesmo conteúdo na porção da estrutura à qual cada parte pertencia. É importante que cada porta seja rotulada de forma diferente para que você saiba a localização de todas elas. Deixe o armário em um espaço aberto, como uma garagem ou um porão, a fim de deixar o caminho livre.
Esvazie o armário e guarde seus conteúdos em outro local enquanto estiver trabalhando.
Mantenha cada parte com suas dobradiças em sacos plásticos a fim de evitar que se percam ou se misturem com as demais.

2
Remova a tinta do armário, se for o caso. Trabalhe em um espaço ventilado e com um grande pedaço de papelão por baixo. Comece no topo do armário, pintando uma camada do removedor sobre a superfície. Deixe-o repousar por ao menos 45 minutos e, a seguir, use um raspador para remover a tinta com movimentos longos. Prossiga com a remoção completa até deixar a superfície lisa e homogênea.
Use luvas de trabalho durante o trabalho para evitar irritações na pele.
Você talvez precise usar o removedor de tinta diversas vezes, caso o armário tenha passado por demãos múltiplas.

3
Limpe o armário com um desengordurante. Borrife um desengordurante químico sobre um pano de limpeza até deixá-lo úmido. Esfregue-o sobre o armário na direção do grão para remover quaisquer resíduos persistentes. Limpe todos os lados de cada porta e sua estrutura a fim de que o primer se apegue bem à superfície.
Se estiver pintando um armário de cozinha, passe tempo extra limpando tudo o que estiver próximo às superfícies mais usadas, pois possivelmente terão mais óleo e gordura presentes.

4
Suavize quaisquer falhas ou amassados com massa para madeira. Se há grandes buracos a serem escondidas por baixo da tinta, preencha-as com um produto sintético feito para madeira. Esprema esse conteúdo no ponto desejado e suavize-o com um raspador plástico flexível. Espere meia hora até que ele esteja seco antes de continuar.
A massa para madeira pode ser adquirida em casas de construção ou lojas de ferramentas.

5
Estenda uma lona sobre o chão e proteja as bordas do armário com fita adesiva. Coloque a lona sobre o espaço de trabalho e quaisquer balcões para evitar que o primer ou a tinta atinjam essas superfícies. Quando estiverem já protegidas, cubra as bordas onde o armário se encontra com a parede com fita adesiva. Pressione-a firmemente a fim de que a tinta não penetre essa região.
Envolva os eletrodomésticos com plástico se estiver trabalhando no armário em um espaço próximo.
A fita crepe oferece proteção da tinta e é fácil de ser removida sem danificar as paredes.

6
Use uma lixa fina a média para deixar as superfícies mais ásperas. Encontre uma lixa de grau 100 para remover a finalização hoje presente. Se o armário é laminado ou feito em madeira, esse processo é importante para evitar marcações. Aplique um pouco de pressão para deixar as superfícies mais ásperas a fim de facilitar a aderência do primer e da tinta. A seguir, tire os resíduos com um pincel seco.
Use uma esponja abrasiva ou uma lixadeira para melhor ergonomia.

7
Aplique uma fina camada de primer adesivo na estrutura e nas portas do armário. Esse produto aderirá com firmeza à superfície. Comece com a aplicação em áreas mais detalhadas com um pincel antes de passar para regiões maiores com um rolo. Avance no sentido do grão para um resultado suave e homogêneo. Cubra toda a superfície com o primer e, por fim, deixe-o secar completamente.

pintar2

1
Use uma tinta aquosa de látex para maior durabilidade. As tintas de látex secam rapidamente e podem ser facilmente limpas com água. Além disso, esse material não solta os gases tóxicos resultantes das tintas a óleo. Visite a loja de tintas mais próxima e descubra que opções estão disponíveis para avançar no trabalho com o seu armário.
A tinta deve ser 100% acrílica para melhores durabilidade e adesão.
Tipos de tinta e seus usos
• Escolha uma tinta fosca para um visual moderno. Esse tipo traz um resultado discreto e sem brilho quando fica completamente seco.
• Escolha uma tinta semibrilho se quiser que o armário brilhe um pouco, refletindo luz e deixando o ambiente mais claro e amplo.
• Use tinta de quadro para fazer um mural de mensagens em seu armário. Depois de seca, ela possibilita a você escrever mensagens e listas na superfície.

2
Use um pincel angulado para pintar regiões com pouco espaço e muitos detalhes. Despeje a tinta em um recipiente que facilite a movimentação do pincel. Use-o para trabalhar nos cantos apertados e ao longo das bordas de cada porta, espalhando quaisquer acúmulos de tinta com as cerdas a fim de suavizá-los.
Espere pela secagem completa de um dos lados antes de virar a porta para iniciar a pintura do outro lado.
No caso de armários laminados ou em madeira, pinte ao longo do grão para esconder as pinceladas.

3
Use um rolo para aplicar tinta em superfícies maiores. No caso das grandes áreas, use um rolo em espuma de 10 cm de comprimento. Revista-o com uma fina camada de tinta em uma bacia apropriada, e trabalhe desenhando formas “W” na superfície desejada para um resultado mais completo. É importante que o primer não seja visível de baixo da tinta, ou será preciso aplicar uma nova demão.
Repasse o rolo sobre as áreas já pintadas para suavizar o resultado. De outro modo, a espuma do rolo pode acabar deixando pequenas irregularidades no armário.

4
Espere até que a tinta esteja completamente seca. Espere ao menos um dia inteiro, sem colocar qualquer objeto no interior do armário enquanto a tinta estiver úmida. Quando os primeiros lados das portas estiverem secos, vire-as para pintar o outro lado.

pintar1

2. Com lousa e função

Seja com papel de parede e tinta de lousa, a adição deste elemento à coisa muda tudo: com um pedaço de giz, você pode fazer desde listas de compras, até escrever sua receita preferida ou deixar recados.

pintar5

pintar3
3. Papel contact

Quem entrou na matéria procurando por dicas de como usar papel de parede não imaginava que também era possível usar papel contact, não é mesmo?
O truque não é resistente, já que a área é de grande atrito e umidade. Porém, se você não aguenta mais olhar para as mesmas coisas e quer mudança imediata, vale a pena tentar.

pintar6

4. Papel de parede

O papel de parede traz não apenas cor, como estampa e descontração para o décor. Ele pode ser aplicado no fundo de armários envidraçados ou nas portas dos gabinetes. Na foto, ele foi aplicado na parede.

pintar9

pintar7

5. Com tecido e tachinhas

Difícil imaginar que uma simples tachinha de escritório possa fazer toda a diferença, mas é verdade. Além dos usos comuns, ela pode fixar tecidos dentro dos armários! Uma boa alternativa temporária para embelezar o móvel com portas envidraçadas e poder trocar a estampa sempre que quiser.
Antes de começar, tire a louça e também as prateleiras. Meça o fundo do gabinete e corte o tecido, sem sobras. Por fim, é só alinhá-lo ao gabinete e pregar quatro tachinhas, uma em cada canto.

Se preferir o tecido reveste as paredes assim como em qualquer outro ambiente.

pintar8

pintar10
6. Desgastado

O que você quer não é renovar os gabinetes, e sim conferir uma aparência mais rústica a eles? É simples! Primeiro, remova os puxadores. Depois lixe-os para remover o verniz. Cuidado, que a bagunça e a poeira serão abundantes.
Se quiser, pode lixar bastante para deixa-los com jeito de usados. Em seguida, aplique um líquido envelhecedor de madeira, como o Valspar Antiquing Glaze ou betume, encontrado em lojas de artesanato. Deixe-o secar e, em seguida, use um pano úmido para limpar o excesso. Adicione duas demãos de selante para finalizar.

pintar11

pintar12

Gosta de projetos de faça você mesmo? Leia também!

Decoração é questão de gosto. Sim, a gente sabe. Mas existem alguns mandamentos básicos da arquitetura e do design e ignora-los pode acabar resultando em um erro de disposição ou composição, prejudicando o décor.
É preciso conciliar essas regrinhas e dicas, respeitando espaços, medidas e evitando alguns excessos, confiram.

Pouco Espaço

Em um projeto, é fundamental manter um bom espaço de circulação entre móveis e itens decorativos. Comprar móveis muito grande e não calcular à mão suas medidas é, muitas vezes, uma ameaça ao equilíbrio do décor.

tamanho

A harmonia entre as cores também é fundamental.
Mais fácil para quem não tem muita experiência em misturar, é usar cores neutras e eleger alguns tons que possam aquecer o ambiente e que deem o tom ao espaço.

tamanho1

Televisão alta ou baixa

A televisão é outro elemento que define o equilíbrio do ambiente. Na sala, o aparelho deve ficar a cerca de um metro do chão, enquanto, no quarto, deve ser instalado um pouco acima – a uma altura de 1,30 m. Também é preciso ficar atento quanto à distância entre o sofá e o aparelho.

tamanho2

Excesso 

Um dos principais erros na hora de montar a decoração é misturar poltronas, sofás, quadros e outros itens que não combinam entre si em um mesmo ambiente. As pessoas vão comprando as coisas sem pensar em como ficariam juntas, e isso não funciona. O desafio é fazer uma composição harmoniosa com itens diferentes, mas sem abusar do excesso.

tamanho3

tamanho4

Tudo combinando

Com tantos estilos disponíveis, decorar a casa pensando em apenas um é uma falha que acaba deixando os ambientes sem personalidade. O lugar deve ter seu DNA e sua história. É importante misturar, para que não fique com cara de loja.

Vale o novo com o vintage, materiais e texturas diversas, madeira e metal entre outros.

tamanho5

Tapete no lugar errado

O tapete, como eu expliquei aqui, é uma peça importante na decoração, e a ” regra ” diz que ele deve ficar no mínimo 20 cm embaixo do sofá, assim, o tecido fica sempre esticado e bonito. Se fica solto, embola com facilidade. Nas laterais, é preciso deixar uma sobra de aproximadamente (5 a 10 cm no mínimo) no tamanho do sofá, pois tapetes muito pequenos podem fazer com que o ambiente pareça menor.

tamanho7

tamanho6

Cuidado com o espelho

Por causa da presença frequente de imóveis cada vez menores, exagerar na quantidade de espelhos nos ambientes tem sido um erro comum. É um elemento importante que dá sensação de amplitude, mas, quando mal colocado, pode enjoar e atrapalhar.

tamanho8

tamanho9

Lustres

Importantes na decoração, os lustres podem se adequar aos ambientes.

tamanho13

Os pendentes são suficientes em um espaço e podem ser usados na sala de jantar, no hall e no quarto e bancadas.

tamanho10

Já spots de sobreposição e iluminação embutida são alternativas para outros lugares. É importante levar em conta os demais componentes da decoração ao planejar a iluminação de um espaço. Os acabamentos podem refletir os pontos de luz e trazer desconforto visual.

tamanho11

Um bom projeto de iluminação é essencial para o resultado final de um bom projeto, assim como um mal projeto de iluminação pode estragar um bom projeto de interiores.

tamanho12

Um abatjour bonito pode te auxiliar quando falta iluminação ou para dar um ar mais aconchegante.

Com os revestimentos certos e cores que proporcionam amplidão visual, é possível decorar banheiros pequenos com muita personalidade!

banho

O banheiro é geralmente a parte esquecida quando se trata de decoração de interiores, principalmente quando o espaço é reduzido. Mas é aí que entra a criatividade! Com revestimentos e combinações de cores certos, é possível decorar o banheiro do seu jeitinho sem comprometer a extensão do lugar, e trazer personalidade ao ambiente, mesmo com a pouca metragem. 

Mas justamente por causa do tamanho, qualquer mudança faz uma enorme diferença, seja na substituição do piso ou até na disposição dos móveis e acessórios.

1. Aproveite as paredes

As paredes de um banheiro pequeno são espaço precioso. Aproveite para colocar nichos e prateleiras, por exemplo. Observe, apenas, se há necessidade de diminuir a profundidade para não gerar desconforto dentro do espaço.

banho11

2. Atenção às portas

Espaços pequenos podem ser otimizados com portas de correr, já que elas não consomem espaço na hora de serem abertas (o chamado ângulo de abertura). A dica vale tanto para portas do gabinete, como a do box e a própria porta do banheiro.

3. Armários

O armário embaixo da pia, também chamado de gabinete, é muito bem-vindo em espaços pequenos, porque acomodam muitos objetos escondendo a bagunça. Podem compor apenas a parte inferior da cuba ou espaços mais amplos.

4. Prateleiras substituem armários

Se você não é fã de armários ou acha que pesam demais no ambiente, pode substituí-los por prateleiras. As de vidro dão sempre aspecto mais leve (tanto pela transparência, quanto pela espessura.

5. Aproveite o espaço acima do vaso sanitário

Vale decorar com flores ou projetar armários e prateleiras para ter maior aproveitamento.

banho9

6. Sobrou uma escada por aí…

Você pode aproveitá-la como apoio e suporte de toalhas.

7. Pisos e Paredes

Se o espaço já é pequeno, tons claros no piso e também nas paredes favorecem a amplitude do banheiro.

banho3

8. Espelhos

Além de serem extremamente funcionais no banheiro, composição de espelhos ampliam a área.

9. Iluminação

Luz natural é o ideal, mas se não for possível escolha iluminação que dê mais visibilidade e supra a ausência de luz natural.

10. Organização é tudo

Organização é  peça-chave para ambientes pequenos.

banho8

11. Aproveite a parte interna das portas dos gabinetes e armários

banho5
12. Decoração

Dica ótima para quem está com orçamento apertado, mas quer dar um charme a mais ao banheiro: escolha pequenos itens de decoração que transformem o ambiente.

banho2

13. Suportes de toalha

Em espaços reduzidos, toda atenção é pouca. Na hora de escolher suportes de toalha, fique de olho na profundidade deles e no espaço que irão ocupar para evitar que as pessoas esbarrem nesses itens.

banho4

14. Roupa suja arrumada

banho7

15. Cores, para que te quero!

Alma colorida nunca vê excessos… Para radicalizar e imprimir personalidade vale forrar a parede e deixar o ambiente com o astral bem para cima.

banho10

16. Pia com apoio vazado

Na falta de espaço, vale aproveitar o apoio da pia como porta-toalha.

banho6