Categoria: Pandemia

O que muda no morar após a pandemia do coronavírus? Não é exagero dizer que nunca passamos tanto tempo dentro de nossas casas. Neste período descobrimos novas necessidades, ambientes subaproveitados, e outros que carecem de mais conforto. Em termos de arquitetura, o combo boa entrada de luz natural e ventilação cruzada passa a ser mais valorizado.

pan7
Historicamente, estes momentos de crise mundial relacionados à saúde influenciam a arquitetura residencial. Na Idade Média, por exemplo, a peste bubônica transformou os ambientes. Na época, as casas quase não possuíam entrada da luz do sol, já que as ruas eram becos bem estreitos. Logo após a disseminação da doença, o espaço público mudou para que as residências pudessem receber melhor iluminação natural.

Desta vez, as mudanças acontecem na maneira como vivemos. Especialistas apontaram as novas demandas da casa pós-pandemia.

1. Espaço de higienização

As questões sanitárias estão sendo meticulosamente revisadas nas residências. Algumas pessoas já tratavam os espaços externo e interno como ambientes distintos, retirando os sapatos antes de entrar em casa, lavando as mãos logo ao chegar da rua, entre outros hábitos.

pan

Neste momento, esses hábitos estão sendo incorporados de forma ainda mais acentuada e os espaços domésticos vão sendo adaptados. A tendência é que surjam nas residências espaços pensados especificamente para essa transição do dentro e fora de casa.

pan1
2. Projetar a partir das atividades
Não devemos desenhar cômodos da casa, como quartos, sala ou cozinha. Algumas vezes faz mais sentido desenhar as atividades da casa, como trabalhar, comer, dormir, se divertir e pensar a partir das atividades, mais do que nunca, será revisto pelos arquitetos.

pan3

Por exemplo, trabalhar pode ser feito em diferentes ambientes, como varanda ou quarto. Então, teremos mais flexibilidade, como painéis que deslizam, móveis com rodízio, iluminação flexível.

pan2
3. Delivery
Deve vir um novo dinamismo de entregas externas nas construções – o acesso do entregador no futuro, virá em um espaço “passa prato”. Uma logística de entrega externapode ser criada visando o menor contato.

pan4

4. Horta em casa

Acredito que o cuidado com a alimentação entra como um ponto crucial neste momento pós-pandemia. As pessoas passarão a optar por ter pequenas hortas em suas casas e apartamentos a fim de cuidar cada vez mais da sua alimentação diária.

pan6
5. Plantas dentro de casa
Já existia o urban jungle, e já dávamos valor ao alimento querendo saber a procedência do que consumíamos. Mas, agora, torna-se regra e também necessidade. Pois, vamos precisar cada vez mais do contato com a natureza e como o real/o táctil.

pan8
6. Home office
A volta do uso constante do home office que exigirá um local adequado na casa com privacidade e bom sinal de internet. Este é um quesito que tem aumentando a demanda nos projetos já.

pan10

Por isso, biombo, divisores, cortinas ou painéis dão mais privacidade para este ambiente. Assim como investir em uma cadeira mais confortável.

pan9

7. Vida ao ar livre
A casa como seu refúgio de lazer. Então, imóveis com varanda e boa entrada luz natural serão ainda mais valorizados. Acredito que as pessoas estão muito mais sensíveis ao uso de cada cantinho da casa. E a conexão com a área externa é cada vez mais a prioridade.

pan12

Os ambientes terão mais iluminação natural e serão mais ventilados. A combinação reduz o uso do ar-condicionado e melhora da qualidade do ar. Os ambientes serão mais integrados com a área externa. E o jardim ganha status de espaço para as família curtir. 

8. Revestimentos
A casa tem abraçado a gente. Materiais que são mais confortáveis ganham destaque: algodão, linho, mantas. Os tecidos e as tramas nos remetem ao aconchego, deixam a casa com carinha de gostosa.

pan14

Mesmo antes da pandemia e da quarentena, materiais e revestimentos de difícil limpeza e manutenção já estavam sendo questionados. Refletir sobre a assepsia dos materiais no projeto residencial agora é pré-requisito, não só por praticidade ou custo, mas por questão de saúde.

pan15
9. Limpeza
Vamos querer equipamentos de limpeza mais eficientes e que facilitem a faxina, assim como passaremos a valorizar mais móveis suspensos e fáceis de limpar.

pan16
10. Cantinho para relaxar
Buscaremos nos acalmar das formas mais alternativas possíveis. Portanto, teremos que reservar um espaço para isso. Teremos menos objetos, acumularemos menos, porém, os objetos que acumularmos terão um valor maior.

pan17
11. Consumo consciente e redução da produção de lixo
Acredito que as pessoas pensarão mais para comprar, consumir e descartar. O consumo desenfreado tende a cair. As pessoas passarão a comprar mais em função da necessidade. Assim como estão mudanças no estilo de vida serão realizadas para reduzir o impacto no meio ambiente.

pan18