Categoria: Terraços

Apartamentos pequenos possuem certas dinâmicas na planta original que não necessariamente valorizam todos os ambientes. A varanda, por exemplo, é muito comum em construções recentes, mas o tamanho reduzido, e para atender às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), é importante tomar uma dose diária de sol, que além de revigorante, ainda provê vitamina D para o corpo — substância que fortalece o sistema imunológico.

lis2
Para quem mora em apartamento pequeno, uma varanda já é o suficiente para aproveitar a luz do sol, e independente das metragens reduzidas, é possível decorar o seu cantinho.

Dar vida nova aos objetos é uma forma de usar o que você tem, muitas vezes, basta um olhar atento.

lis1

Repare no caixote de feira acima como vaso improvisado e cheio de estilo.

lis7

Os móveis de fibra sintética combinados aos acessórios coloridos criam ar receptivo.

lis4
As cadeiras suspensas garantem estilo único ao ambiente repleto de verde.

lis3
Esta varanda é a protagonista do apartamento de apenas 45 m² . Com cores sóbrias, o espaço surge como uma possibilidade de lugar ao sol mesmo em dias mais frios.

lis5

Ao conectar a varanda a outro ambiente, você tende a aproveitar mais os espaços, como a cozinha aberta para a sacada na imagem abaixo.

lis6

As metragens reduzidas do seu apartamento pequeno não são mais desculpa para não cultivar a sua horta em casa.

Mesmo em microambientes é possível plantar seus temperos e ervas favoritos. Basta um cantinho  para colocar vasos.

muble

Almofadas e mantas surgem para garantir o conforto do espaço.

lis9

lis8

lis10

Varandas e terraços pequenos são um desafio para quem já briga com a falta de espaço dentro de casa. O que fazer com um ambiente tão pequeno, de forma que ele possa ser aproveitado e faça parte do dia a dia de quem mora ali?

porche

Soluções simples e bem-planejadas transformam varandas e terraços em extensões da casa, com um luxo extra: a proximidade da natureza.

porche2

A tarefa de mobiliar a área externa da casa inclui pensar sobre o tipo de material, durabilidade, acabamento, modelo de peça e estilo de decoração mais apropriado para enfrentar as intempéries sem sofrer grandes desgastes. Tantos aspectos geram dúvidas no momento da compra e dão margem a escolhas erradas, que podem representar maior despesa a longo prazo.

porche4

Por isso, é preciso dar a maior atenção na hora de optar por um ou outro modelo, indo muito além da beleza, se seu espaço fica a céu aberto.

porche6

Nem todo mobiliário de área externa fica coberto. Por isso, prefira usar tecidos impermeabilizados, fáceis de lavar e resistentes ao calor intenso e à umidade. Melhor ainda se optar por modelos sintéticos de acrílico (que não desbotam), vinil ou couro náutico. E fique longe de tecidos delicados como sedas e veludos. Outra dica que ajuda a manter o tecido em bom estado por mais tempo é apostar em capas de sarja, brim ou lona quando os móveis não estiverem em uso.

porche3

Resistência e durabilidade são quesitos fundamentais para as peças que ficarão expostas nas áreas externas da casa. Dispense as estruturas de ferro, exceto aquelas que tenham tratamento específico contra ferrugem, e recorra a peças com estrutura de acrílico ou alumínio – que exigem pouca manutenção e contam hoje até com pintura eletrostática em pó (mais resistente a riscos). Fibras naturais também devem ser dispensadas, pois tendem a apodrecer. Prefira as fibras sintéticas com aparência semelhante, que oferecem mais resistência.

porche8

Outro item que confere mais acolhimento ao espaço de receber amigos é a mesa. Os modelos mais indicados são os de estrutura metálica com tampo de vidro, fibras sintéticas ou madeira. Além disso, móveis com rodas são opções práticas para o ambiente por serem fáceis de guardar e transportar.

porche7

Recorrer a toras, raízes de árvores, peças antigas de borracha, poliuretano (ou ferro se houver um tratamento próprio contra intempéries) é sempre uma alternativa para economizar e dar mais personalidade aos ambientes. Evite apenas móveis fracos ou de estilo clássico, porque é fundamental ter aconchego e descontração!

porche5

porche9

Apartamentos pequenos possuem certas dinâmicas na planta original que não necessariamente valorizam todos os ambientes. A varanda, por exemplo, é muito comum em construções recentes, mas o tamanho reduzido, por vezes, complica a decoração.

ball
Se você mora em casa e o problema não é o pé direito, mas sim o tamanho da varanda, não se preocupe. Aproveite a vantagem de já ter uma área externa e invista em uma decoração aconchegante e alegre.  

ball9

ball2

ball3

O verde das plantas traz a natureza para perto dos pequenos momentos do dia a dia e de quebra, refresca.

ball4

ball6

ball5
Incomum não é, a questão é a forma como os moradores lidam com o pouco espaço. Mas enxergar uma função como cultivar flores e frutos para aproveitar melhor a natureza no seu dia a dia, pode ser uma grande sacada.

ball8
Sem dúvida, varandas e terraços são os queridinhos do momento, principalmente na estação mais quente do ano, e devem ganhar atenção especial no projeto. 

ball1

ball7

Todo mundo sonha com um belo terraço, uma área externa na casa ou apartamento para curtir a natureza e um dia de sol. Mas muitos pensam que em espaços pequenos, essa função fica prejudicada, o que não é verdade, é possível aproveitar em qualquer lugarzinho aberto.

por8

O verão é uma oportunidade perfeita para transformar o seu terraço num verdadeiro paraíso.
Um banco feito de pallets de madeira com almofadas brancas traz neutralidade ao ambiente.

por1

Em locais muito pequenos não vale à pena ter uma mesa. Ao invés disso, um pequeno móvel para acomodar plantas e horta deixam o lugar com cara de sacada e bastante aconchegante.

por4

Um pouco de cor pode adicionar diversão a uma varanda, independente do tamanho.

por2

por3

por5

por6

A estrutura pode até ser tradicional mas ao invés de grandes sofás, uma espreguiçadeira pode ser quase tudo que você precisa.

por
Na dúvida, uma decoração simples sempre é vencedora. Colocar plantas nos cantos é uma solução para não tê-las ocupando o pequeno espaço. E cadeiras e mesas simples tornam o ambiente funcional para um descanso.

por7

por9

Ter um espaço a céu aberto para relaxar é o sonho de consumo de quem mora em grandes cidades. As varandas tornaram-se, então, as queridinhas do momento, ganhando atenção especial no projeto. Ela podem ser integrada ou não e até transformada em uma extensão do living.

balco2

balco1
Apartamentos pequenos possuem certas dinâmicas na planta original que não necessariamente valorizam todos os ambientes. A varanda, por exemplo, é muito comum em construções recentes, mas o tamanho reduzido, por vezes, complica a decoração.

BALCO9
Adaptar a área da varanda/ terraço ao restante da residência permite não somente um melhor aproveitamento do espaço, mas também é uma excelente opção para criar um lugar para estar que não fica isolado dos demais ambientes da casa.

balco3

balco4

balco6

O colorido toma conta do décor e do meu coração. Soluções simples e bem-planejadas transformam varandas e terraços com um luxo extra: a proximidade da natureza.

balco5

balco7

balco8

balco