Décor industrial- saiba como planejar da escolha da mão de obra à instalação

Comum em países onde se costuma reciclar galpões e fábricas, a arquitetura com ar industrial conquista cada vez mais adeptos no Brasil – e já há algum tempo. Com seu jeito despretensioso e moderno, essa proposta é marcada, sobretudo, pelas instalações à vista, que além de corresponderem geralmente aos sistemas elétrico e hidráulico, também naturalmente decoram os ambientes.

industrial2

industrial

industrial1

Porém, recomenda-se muita cautela se você acredita que esse recurso é meramente estético e pode ser decidido em qualquer momento da obra. Deve-se planejá-lo desde o início do projeto. Os trajetos das tubulações, protagonistas no resultado final, têm de formar desenhos harmônicos e serem distribuídos de maneira prática para o uso diário. Além de entregar o trabalho a profissionais que conheçam bem essa alternativa, procure mão de obra experiente. O eletricista vira um artesão, cuidando do corte das peças e da perfeição em encaixes e curvas.

industrial8

Os tubos são colocados após a pintura final das paredes, por isso todo cuidado é bem-vindo. Não à toa o valor gasto com material e serviço acaba sendo maior do que o consumido numa obra convencional, onde tudo fica escondido pela alvenaria. Na definição dos materiais, quem vai de elétrica à mostra costuma preferir o aço galvanizado, resistente e mais econômico que o cobre. A hidráulica pede cobre ou PVC, em caso de água fria. O PVC exige pintura para ficar mais bonito.

industrial7

industrial3
Todas as etapas merecem atenção, da escolha dos materiais ao manuseio no canteiro de obras. Mais do que serrar os tubos na medida certa, é preciso acertar na fixação e na manutenção das peças.

Quebra-cabeça
Os tubos precisam ter tamanho e bitola especificados na planta. Luvas ajudam nas emendas e curvas alteram a direção do circuito. Canos de PVC são fáceis de cortar. Os de aço e cobre pedem ferramentas específicas.

Segurança
Diferentemente da elétrica, as redes aparentes de hidráulica e gás exigem testes de estanqueidade para a checagem de possíveis vazamentos. As garras de fixação são colocadas antes dos tubos com a ajuda de buchas e parafusos. O bom e velho metro e a trena são fundamentais para fazer as medições.

Sistemas independentes
Para os cabos de internet, telefone e TV, use outro conjunto de canos, que deve correr em paralelo aos da instalação elétrica.
A fim de conservar a tubulação sempre bonita, é necessário realizar a limpeza atenta nos dutos, já que a poeira fica impregnada na superfície.

A lista inclui benefícios como ter uma obra mais limpa e ganhar tempo na resolução de problemas – basta abrir a rede no ponto comprometido.

industrial6

Tanto nas redes elétricas quanto nas hidráulicas, fica mais simples resolver um problema com os fios ou possíveis vazamentos. Se tudo está escondido, esse processo demora mais para ser reparado (e até notado).

Vale saber: a mão de obra e o material empregados no sistema aparente custam até 30% a mais do que na versão embutida. Como uma peça de design, o mercado passou a valorizar mais essa alternativa.

 

Há quem prefira não adotar essa opção na rede hidráulica devido à perda de temperatura da água. O encanamento fica exposto e, sem isolamento, reduz-se a proteção térmica.

industrial5

industrial4

industrial9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.