Atrás do pote de ouro – color-addicted

Cores são uma aventura irresistível, e quem não gostaria de encontrá- las no fim do arco- íris? 

color

Há tempos muitos clientes se encantam com o estilo bold, que encontra na emoção o ineditismo – e cores fazem parte desse atrevimento. Mas como usá-las sem medo?

color2

Acima de tudo, é preciso adequar as cores à proposta da arquitetura para que elas façam sentido. Uma vez eu li de uma designer de interiores, color-addicted assumida, a seguinte comparação que fez sentido para mim “Cores são como crianças. Nunca conheci uma da qual eu não goste”.

color1

Nós nos aproximamos de cada projeto escolhendo a cartela de cores e distribuindo-as pelos espaços. Eu me animo com as diferentes combinações e ao ver como a cor traz vida a uma casa.

color5

color4

Pode ser em apenas um móvel colorido, em uma obra de arte ou nas paredes. Mas sem medo de experimentar. 

color6

Toda cor traz uma energia a um ambiente, então é preciso decidir quanta energia você quer trazer àquele espaço – e onde você quer essa energia. Ou seja, mais do que escolher qual cor usar, é preciso pensar na saturação: se você não gosta de tons vivos e enérgicos, ou o oposto.

color8

color9

Sabemos que as diferentes tonalidades afetam as pessoas de formas distintas. Pode gerar calma, energia, solidão ou loucura, saindo das emoções básicas. Uso cores de uma forma bem detalhada e controlada, em uma visão arquitetônica.

color3

color7

color10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.